cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    A ERA DO GELO 2

    Por Felippe Toloi
    31/03/2006

    Após quatro anos e uma bem-sucedida parceria entre a FOX e a Blue Sky Studios, chega aos cinemas a aguardada continuação da divertida e criativa animação A Era do Gelo. A Era do Gelo 2 é dirigido pelo brasileiro Carlos Saldanha. Co-diretor do primeiro filme, ele substitui Chris Wedge, atuando agora como produtor-executivo e novamente dublando o esquilo Scrat. De cara, percebe-se nitidamente que Saldanha impõe um estilo mais cômico e infantil ao filme em comparação ao primeiro, já que agora o laço de amizade dos protagonistas está fortalecido e há mais intimidade para que eles façam tiradas engraçadas entre eles.

    A Era do Gelo 2 retoma a história dos simpáticos animais no momento em que precisam se esquivar e fugir do descongelamento glacial que está prestes a se concretizar. Se não fugirem, morrerão na água. Sid (voz de John Leguizamo, dublado na versão brasileira por Tadeu Mello), a amável preguiça, continua incrivelmente paspalhona, diferente do esquentado tigre dente-de-sabre Diego (voz de Denis Leary, dublado por Marcio Garcia). Já o mal-humorado Manny (voz de Ray Romano, dublado por Diogo Vilela) acaba sendo o personagem mais central da trama. Carente e sem esperanças por acreditar ser o único mamute a fazer parte da Terra, ele felizmente encontra Ellie (Queen Latifah, dublada por Claudia Jimenez). No entanto, a fofinha mamute não simpatiza com nosso herói e acha que é um gambá.

    O filme conta com alguns novos personagens, como os gambás encapetados Eddie (Josh Peck) e Crash (Seann William Scott), "irmãos" de Ellie, e do tatu Tony Ligeiro (o apresentador Jay Leno), um vendedor picareta que colocaria até a mãe a leilão se fosse necessário. Os roteiristas Peter Gaulke e Gerry Swallow também fizeram questão de dar mais destaque para o desafortunado esquilo Scrat e sua noz inquebrável. Aqui, as cenas com sua participação são maiores e, evidentemente, seu sofrimento também.

    Os gráficos digitais não diferenciam tanto da primeira produção, fazendo com que A Era do Gelo 2, no campo visual, seja uma produção estável, porém não menos magnífica e louvável se comparada com outros grandes estúdios de animação (Dreamworks e Pixar). No entanto, é garantido tanto o seu entretenimento - agradável e que conquistará novos fãs dos personagens -, quanto a bilheteira, que deve reembolsar os bolsos de seus produtores, que investiram US$ 70 milhões na continuação do projeto.