cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    A ERA DO GELO 3

    <p>O roteiro da animação é complexo e o resultado divertido, feito para agradar todas as pessoas</p>
    Por Ana Martinelli
    09/07/2009

    A Era do Gelo 3 é o melhor filme da trilogia e, se você quiser aumentar ainda mais a diversão, vá ver na versão 3D! Scrat, o esquilo pré-histórico, está de volta e a perseguição pela sua preciosa noz continua. Mas nada será como antes, pois ele vai ter que disputar a tapas sua bolota fujona com uma fêmea, Scratita.

    Dividido entre a noz e sua paixão arrebatadora, Scrat vai entrar em enrascadas ainda maiores. O romance dos dois esquilos é um dos pontos altos do filme, as piadinhas visuais são divertidíssimas, sacanas e a trilha sonora que complementa esses momentos é espirituosa. Como You'll Never Find Another Love Like Mine (na tradução literal, Você Nunca Vai Achar Um Amor Como o Meu), sussurrada no melhor estilo sedução à Barry White, ou um tango no qual entre um passo dramático e outro a noz é disputada por pernas e rabos disputam o que realmente interessa, a noz.

    Enquanto isso, depois da fuga dos animais por causa do desgelo em A Era do Gelo 2, a nova aventura, na verdade, traz em seu título original uma explicação do que se pode esperar: os temidos gigantes Dinossauros. O que antes era apenas um bando de mamíferos-amigos virou literalmente uma família que, como qualquer outra, tem conflitos e amor. Manny e Eli esperam seu primeiro filhote, o papai de primeira viagem é ansioso e super-protetor e, logo, entra em conflito com Diego, o dente-de-sabre, em crise de identidade por achar que está ficando molenga e acredita que a nova situação mudará tudo.

    A saída de Diego, em busca de sua vida selvagem afeta Sid, a atrapalhada preguiça. Ao cair numa caverna congelada, por acidente, ele acha três ovos gigantes e uma solução perfeita para sua solidão: criar sua própria família. Bem, a mãe dos pequenos dinossauros vem reclamar a guarda de seus filhotes e leva Sid junto.

    Diante da nova situação, o bando esquece as diferenças e vai se aventurar para resgatar o amigo. Os dinossauros pareciam estar extintos, mas na verdade há um mundo subterrâneo onde eles vivem numa imensa floresta tropical. Os cenários e a animação colorida, que desbanca todo o branco gelado tradicional dos dois filmes anteriores, é deslumbrante.

    Mas não é só o visual que atrai. O roteiro de A Era do Gelo 3 é complexo e o resultado divertido, feito para agradar tanto aos pequenos quanto os crescidinhos, sejam eles pais ou não. Efeitos especiais são legais, mas principalmente quando servem a uma boa história. Quem sai ganhando é o público e também o cinema, ainda mais em tempos que Hollywood anuncia uma refilmagem atrás da outra.

    E a resposta do público, devidamente revertida em bilheteria, não deve ser menor do que das produções anteriores. A Era do Gelo mostra-se uma franquia muito lucrativa o primeiro custou US$ 59 milhões e faturou US$ 383,2 milhões, com o sucesso do anterior, o investimento no segundo foi para US$ 80 milhões e a arrecadação da bilheteria correspondeu às expectativas, US$ 651,9. Em A Era do Gelo 3 gastaram US$ 90 milhões. Alguém arrisca um palpite?