cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    ALADDIN

    Por Diego Canha
    22/05/2019

    Eu admito, sou um dos que olha torto para essa onda de adaptações live-action da Disney e por isso fiz questão de ver Aladdin. A animação foi o filme que trouxe os primeiros conceitos de magia para mim e ainda é vívida a sensação de como era incrível ver o Gênio na telona e depois por 426 vezes em VHS na minha casa.

    E esse é um acerto do longa, as adaptações são feitas para o roteiro fazer mais sentido e inclusive respeitar as regras do Gênio. Cada mudança trouxe à história uma evolução narrativa. Os efeitos visuais do personagem que foram duramente criticados no primeiro vídeo de divulgação não incomodam e as magias funcionam bem durante todo o longa. A fotografia e toda a ambientação de Agrabah são incríveis.

    Um alerta: vá preparado para ver um musical! Aladdin é um musical e seus grandes momentos estão em cenas com dança e música. As canções clássicas estão lá e há adição de duas músicas para os protagonistas que ajudam a dar motivação aos personagens de Jasmine e Aladdin. Porém, a segunda passagem dessas mesmas canções é a principal derrapada do filme, onde vemos um "pensamento" da princesa ficar desconexo com o filme.

    Jasmine está pronta para 2019, mesmo na animação a personagem já não era uma princesa que esperava ser salva, porém agora ela está ainda mais dona de suas decisões. A atuação de Naomi Scott às vezes é acima do tom, porém o carisma da atriz balanceia isso. Já Mena Massoud entrega um Aladdin ótimo nas cenas de ação e diálogo, porém fica abaixo de Will Smith na hora dos musicais.

    E para ele restou a glória. O ator tinha um desafio enorme: refazer em live-action o marcante gênio azul em animação com a voz magistral do eterno Robin Williams. E ele está muito à vontade, com adaptações nos arranjos e letras, obviamente colocando um pouco de rap e equilibrando o humor e a sabedoria de um ser com tantos anos de vida. E toda a sequência de "Prince Ali" é disparada a melhor do longa.

    Outro destaque são os animais. Eles trazem um humor orgânico quando aparecem, não são necessariamente alívios cômicos já que o Gênio ocupa isso muito bem.

    Aladdin está pronto para ser apresentado para uma nova geração e a execução é ótima, deixando o filme como uma ótima diversão para família. Mas Mogli - O Menino Lobo ainda é, para mim, a melhor adaptação da Disney!

    Fica agora a espera por O Rei Leão, do mesmo Jon Fraveau, para continuarmos o ano dos live-action.