cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Amor e Monstros é divertida salada de gêneros da Netflix estrelada por Dylan O'Brien

    Longa com Dylan O’Brien é aventura leve para curtir com pipoca
    Por Daniel Reininger
    14/04/2021 - Atualizado há 24 dias

    Fazer loucuras por amor é uma dinâmica bem comum nas comédias românticas, mas nem tanto nos filmes apocalípticos. É aí que Amor e Monstros se destaca. Em um mundo dominado por monstros, Dylan O’Brien resolve enfrentar a morte certa por amor. A premissa curiosa desse filme adolescente, garante momentos divertidos e leves, com cenas fofas e também de muita ação. 

    Na trama, sete anos depois da invasão dos monstros, a humanidade foi forçada a viver em colônias subterrâneas. Pelo rádio, Joel Dawson (O’Brien) reencontra a namorada da adolescência, Aimee (Jessica Henwick), que mora há mais de 100 km de distância. Frustrado, Joel começa a perceber que a vida no subterrâneo não tem mais nada a oferecer e decide enfrentar todos os perigos da Terra para encontrar o amor verdadeiro.

    Lembrando as aventuras para adolescentes dos anos 80 e 90, o filme não evita clichês e nem se leva a sério. O longa quer ser uma mistura de tantos outros filmes que já vimos, sejam clássicos como Goonies, quanto longas distópicos no estilo Maze Runner e, claro, com aquele toque de comédia romântica brega. Com tudo isso, tinha tudo para ser um fracasso e é surpreendente ver que funciona.

    Na verdade, o maior problema do longa é seu protagonista. Embora O’Brien faça bem o papel de rapaz desengonçado que se torna um grande aventureiro, a personalidade do protagonista é bastante irritante e a narrativa ganha, mesmo, pelos coadjuvantes que ele encontra pelo caminho, entre eles um cachorro extremamente fofo e inteligente.

    A narrativa é simples: um rapaz que não conhece suas habilidades vai do ponto A ao ponto B para encontrar uma garota. Com isso, o longa fica fluído e alterna muito bem encontros com personagens interessantes e combates animados. O tédio nunca chega perto dessa produção.

    Com um visual bem feito para os monstros e bons efeitos especiais, o longa agrada também visualmente, embora o mundo à volta seja bem padrão, sem elementos marcantes além das criaturas gigantes. A trilha sonora é animada e combina com o andamento da história.

    Amor e Monstros é um filme surpreendente, por ser divertido e leve, apesar de mostrar o apocalipse. Não é nenhum clássico, mas é um dos melhores filmes já feitos pela Netflix, o que não é dizer muito, já que os longas originais da plataforma tendem a desagradar. Com certeza vale os minutos de prazer que proporciona numa noite chuvosa com uma boa companhia e pipoca.