cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    ANJOS DA LEI 2

    Humor autorreferente e bromance garantem risadas
    Por Roberto Guerra
    03/09/2014

    No final dos anos 80, a série de TV Anjos da Lei (21 Jump Street, no original) fez grande sucesso e ajudou a alavancar a carreira de Johnny Depp. Em 2012, ganhou uma homenagem nas telas com o longa Anjos da Lei, que deixava de lado o tom dramático da versão televisiva para se assumir como comédia escrachada.

    O filme ganha agora uma sequência que segue na mesma toada: não se levar a sério e buscar o riso com humor autorreferente, com destaque para uma brincadeira nos créditos finais que traz uma série de trailers com ideias esfarrapadas para continuações futuras. Já vale o ingresso.

    Jonah Hill e Channing Tatum continuam com boa química na tela. Desta vez os oficiais Schmidt (Hill) e Jenko (Tatum) precisam se infiltrar numa faculdade para descobrir quem anda traficando uma nova droga, chamada de Why Phy.

    Durante a investigação, Jenko conhece no time universitário de futebol americano um amigo que é sua alma gêmea. Schmidt, por sua vez, se infiltra na comunidade dos estudantes de artes e descola uma namorada.

    Não demora muito e a dupla começa a questionar sua parceria. Mais do que solucionar o caso das drogas, terão de descobrir se conseguem manter uma relação madura. Os dois discutem o bromance como um verdadeiro casal monogâmico, com direito a ataques de ciúmes e chiliques, o que dá margem a muitas situações engraçadas.

    Anjos da Lei 2 também faz questão de tirar sarro de si mesmo e do gênero o tempo todo. Não se trata de uma novidade, mas muitos filmes que tentaram a autozombaria ultimamente falharam. Sim, o filme repete os mesmos personagens e situações do primeiro, mas brinca com isso assumindo a dificuldade comum às sequências de não conseguirem se reinventar, mesmo turbinadas com mais recursos financeiros.

    Ao contrário de algumas comédias atuais supostamente adultas que, na verdade, são disparates imaturos, Anjos da Lei 2 é uma divertida bobagem que não faz o público de idiota.