cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    ASSALTO EM DOSE DUPLA

    Não se percebe nenhum tipo de inspiração – cinematográfica ou cômica – que justifique o tempo perdido<br />
    Por Celso Sabadin
    24/11/2011

    Uma comédia pode ter todos os defeitos, menos um: não ter graça. Todos os demais são perdoáveis, menos este. E é justamente este pecado mais que capital que comete a comédia Assalto em Dose Dupla, dos mesmos roteiristas de Se Beber, não Case!.

    A ideia não é das piores: duas gangues de criminosos - uma altamente profissional e outra totalmente pé de chinelo – dão o azar de assaltar o mesmo banco, na mesma hora. Estabelecida a confusão, eles decidem fazer um grupo de reféns para garantir o sucesso da operação. Ou das operações. Mas, evidentemente, tudo dá errado. Não só para os assaltantes como também para o filme, que se desenvolve aos trancos e barrancos empurrado por diálogos fraquíssimos, sem ritmo de comédia, e personagens que jamais chegam a ser bem explorados.

    O resultado é um filme sonolento, ambientado totalmente dentro do banco, onde não se percebe nenhum tipo de inspiração – cinematográfica ou meramente cômica – que justifique o tempo perdido e o preço do ingresso.

    Nem o bom elenco, com Patrick Dempsey, Ashley Judd, e Tim Blake Nelson salva o filme. Desastrosa, a direção é de Rob Minkoff, codiretor de O Rei Leão, e diretor dos dois episódios de O Pequeno Stuar Little.