cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    CORRENDO ATRÁS DO DIPLOMA

    Por Celso Sabadin
    22/05/2009

    Dois filhos de importantes nomes do cinema se uniram para fazer esta simpática comédia adolescente: na direção está Jake Kasdan, filho de Lawrence Kasdan (o ótimo diretor de O Reencontro e Corpos Ardentes, entre outros). E o papel principal é de Colin Hanks, filho de Tom, aqui estreando como protagonista (ele já havia feito papéis menores em The Wonders: O Sonho Não Acabou e na série de TV Band of Brothers).

    Correndo Atrás do Diploma conta a história de Shaun (Colin Hanks), garotão surfista da Califórnia que resolve dar uma virada na sua vida: ele abandona as pranchas e tenta uma vaga na prestigiada Universidade de Stanford, visando à carreira de escritor. "Escritor? Pergunta seu pai. "Por que, se você não é nem gay nem perturbado?" Esse é o grande problema de Shaun: sua excêntrica família, que não o apóia em nada. Mesmo assim, ele tem notas boas o suficiente para ingressar em Stanford, não fosse a incompetência da diretora de sua escola, que bagunça toda a papelada e inadvertidamente faz o rapaz perder a vaga. Agora, Shaun vai fazer o possível e o impossível para obter seu lugar na universidade.

    Correndo Atrás do Diploma é uma boa surpresa. Produzido pela MTV, o filme lembra as antigas e divertidas comédias adolescentes dos anos 80 (estilo Curtindo a Vida Adoidado), época em que a baixaria e a escatologia ainda não predominavam no cinema americano direcionado ao público jovem. O filme não traz piadas agressivas, não perde o ritmo, tem elenco carismático (Colin segue os passos do pai e mostra que tem futuro) e proporciona um bom entretenimento juvenil, sem cair nas armadilhas fáceis do gênero.

    Com participações especiais (algumas não creditadas) de Chevy Chase, John Lithgow, Harold Ramis, Kevin Kline e Ben Stiller, Correndo Atrás do Diploma custou US$ 18 milhões e rendeu mais de US$ 40 milhões nas bilheterias dos EUA.

    14 de novembro de 2002
    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. celsosabadin@cineclick.com.br