cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Forte e humano, Nomadland usa sutileza magistral para retratar uma realidade cortante

    Longa de Chloé Zhao estrelado por Frances McDormand é um dos indicados ao Oscar 2021
    Por Thamires Viana
    01/04/2021 - Atualizado há 12 dias

    "O que é lembrado, vive". Talvez uma das frases mais bonitas de Nomadland descreve tudo o que o longa quer trazer às telas. Em seu novo filme - que já figura como um dos favoritos do ano - Chloé Zhao faz uma mescla interessante entre a ficção e a realidade para retratar a vida de uma mulher após a crise econômica de 2008.

    Nele conhecemos Fern (Frances McDormand), uma viúva de 60 anos que vê sua vida inteira empacotada dentro de algumas caixas. Após o grande colapso econômico que devastou a cidade de Empire, Nevada, o fechamento da fábrica onde ela e o marido trabalhavam e a morte dele, a americana não tem outra alternativa senão adotar um novo estilo de vida e virar nômade. Dentro de sua van, ou melhor, sua casa apelidada carinhosamente de Vanguard, Fern parte para um destino incerto, enquanto tenta reencontrar a si mesma pelo caminho.

    Forte e humano, Nomadland, baseado no livro homônimo de Jessica Bruder, tem como grande foco a retratação de uma realidade cortante da vida de muitos americanos que tiveram de abandonar suas casas após a ruína da América no final dos anos 2000. A diretora chinesa entrega um dos filmes mais intensos da temporada, mas faz isso com uma sutileza magistral. 

    Aqui, Zhao não dramatiza o estopim econômico e nem mesmo as dificuldades dos personagens centrais que encontrou para contar essa história. Ela, que também escreveu o roteiro e editou o filme, traz às telas a veracidade que não estamos acostumados a ver em longas ficcionais. Com exceção de McDormand e David Strathairn, todos os outros integrantes do elenco são nômades reais contando suas experiências de vida. Essa mescla singela de ficção e documentário torna a narrativa íntima e imersiva. 

    Esse é um costume da cineasta. Em seus dois filmes anteriores, Songs My Brothers Taught Me e Domando o Destino, Zhao se baseou na história real de seus protagonistas para escrever o roteiro e os colocou à frente das câmeras, pois quem mais poderia contar uma história melhor do que aqueles que a viveram? Essa forma de conduzir suas tramas mostra a sensibilidade e brilhantismo da chinesa, além de uma entrega pessoal para cada um de seus projetos. 

    O realismo parte também para a atuação de McDormand, vencedora do Oscar por Três Anúncios Para um Crime em 2018. Ela é a primeira grande atriz a trabalhar com Zhao e se entregou ao papel de uma forma magnífica. Aos 63 anos, a americana fez um preparo especial para Fern vivendo em uma van por cerca de cinco meses. Além disso, desempenhou os trabalhos como no filme e criou vínculos com os nômades escalados para o longa, dando à personagem ainda mais autenticidade. 

    Durante todo o decorrer de Nomadland, vemos uma Fern solitária e machucada por ter tido sua vida arrancada pelo sonho americano. Mas, ainda assim, a personagem traz os sentimentos através do olhar, muitas vezes longe, sem esboçar reações desesperadas. Talvez a calmaria e silêncio de Fern sejam propositais para contrastar com a turbulência econômica retratada no longa. Isso mostra também como Zhao amplia sua crítica ao capitalismo exacerbado sem precisar, de fato, escancarar ou verbalizar a cada cena. 

    A união de Fern com os demais nômades que conhece no caminho é ilustrada com um olhar delicado e de muita parceria, explorando a relação entre aqueles que não têm a pretensão de permanecerem, mas que mesmo assim deixam suas marcas por onde passam. Dessa forma, Nomadland é também uma maneira de desmistificar a vida de quem escolheu não criar raízes ou que, inevitavelmente, foi obrigado a isso.

    Com autenticidade e sensibilidade, Nomadland tem potencial para continuar trilhando uma linda trajetória nessa temporada de premiações, assim como Fern a bordo de sua inseparável Vanguard

    Trailer oficial

    Conteúdo Relacionado