cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    DOCE NOVEMBRO

    Por Celso Sabadin
    22/05/2009

    O filme se chama Doce Novembro, mas poderia muito bem se chamar Outono em San Francisco. Motivo: ele tem sua estrutura narrativa muito parecida - digamos, praticamente igual - ao recente sucesso de bilheteria Outono em Nova York, estrelado por Richard Gere e Winona Ryder. Só que se passa em San Francisco. Confira: o publicitário Nelson Moss (Keanu Reeves, inexpressivo como sempre) se encontra por acaso com Sara (Charlize Theron), uma garota totalmente diferente dele, que tem um problema igual à menina vivida por Winona Ryder em Outono em Nova York (não vou contar qual é, para não entregar o fim do filme).

    Nelson é intragável, pretensioso, viciado em trabalho, relógio e celular. Sara é amável, porra louca, completamente desprendida dos valores materiais da vida. Nem é preciso dizer que os dois vão se apaixonar perdidamente. Também é totalmente desnecessário falar que um vai aprender muito com o outro.

    Para quem já viu Outono em Nova York - que também não é nenhuma maravilha -, Doce Novembro é completamente dispensável. A trama é previsível e a química entre o casal não funciona. O roteiro original de Herman Raucher (roteirista também dos adocicados, mas muito melhores, Houve uma Vez um Verão e O Outro Lado da Meia-Noite) não esconde seu sabor e estilo de filme antigo, requentado.

    Não por acaso: Doce Novembro é uma refilmagem de Por Toda a Minha Vida, que Sandy Dennis e Anthony Miller protagonizaram em 1968. Uma refilmagem que não diz a que veio.

    25 de junho de 2001
    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rede Bandeirantes de Televisão, Canal 21, Band News e Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. celsosabadin@cineclick.com.br