cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    ELES SÓ PENSAM NAQUILO

    Por Celso Sabadin
    22/05/2009

    O mau gosto e a escatologia das comédias comerciais americanas invadem o cinema independente. Isso pode ser comprovado no filme Eles Só Pensam Naquilo, comédia descartável disfarçada sob uma falsa embalagem moderninha.

    Brad (Brian Van Holt, de Falcão Negro em Perigo), Zeke (Zorie Barber, numa boa estréia) e Jonathan (Jonathan Abrahams, também estreando) formam um grupo de amigos que se encontra todos os domingos para narrar as experiências sexuais ocorridas durante a semana. Um quarto companheiro, Eric (Judah Domke), é discriminado pelo grupo por ser casado. Afinal, ninguém quer ouvir aventuras sexuais vividas com a própria esposa. O ritual machista se repete durante anos, até que o inesperado acontece: os três amigos solteiros se apaixonam repentinamente no mesmo final de semana. Coincidência ou fatalidade?

    Eles Só Pensam Naquilo reforça os sinais de desgaste pelos quais vem passando o sub-gênero que se convencionou chamar de “comédia romântica independente”. Filmes recentes como As Mulheres de Adam ou Amor aos Pedaços mostram que as comédias românticas feitas fora dos grandes estúdios já não trazem mais o charme e a criatividade que marcaram seus antecessores. Eles Só Pensam Naquilo parece ser o fundo do poço. Pelo menos duas situações de embrulhar o estômago tornam o filme muito mais próximo das bobagens dos irmãos Farrelly que da sutileza de um Próxima Parada: Wonderland, por exemplo. Não bastasse o mau gosto, o filme ainda traz diálogos insossos, situações fracas e pouco ou nenhuma graça. Cansativo e vulgar.

    3 de abril de 2002
    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. celsosabadin@cineclick.com.br