cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    ENRON - OS MAIS ESPERTOS DA SALA

    Por Angélica Bito
    22/05/2009

    A falência da corporação norte-americana Enron em 2002 foi uma das mais escandalosas que o mundo econômico já viu. A estrutura da empresa, montada sobre especulações na Bolsa e em sua própria imagem, era tão frágil que, em algumas semanas, uma das dez maiores empresas dos EUA foi do sucesso absoluto à declaração da falência. Baseado em livro homônimo (e inédito no Brasil) escrito pelos jornalistas da revista Fortune Bethany McLean e Peter Elkind, Enron - Os Mais Espertos Da Sala faz uma investigação para tentar entender como esse processo de falência aconteceu.

    Entrevistando ex-funcionários da empresa, além dos próprios jornalistas que escreveram o livro que serviu como base para este documentário indicado ao Oscar, Enron - Os Mais Espertos Da Sala traça um assustador retrato do que era a empresa na mira de sua investigação. Repleto de personagens e termos específicos da economia, o complicado documentário mostra que a Enron era uma megacorporação que empregava milhares de pessoas - que ficaram totalmente desamparadas após o fim da empresa - e tinha ações na bolsa altíssima. E toda essa estrutura era baseada em mentiras e especulações. E isso é o mais assustador do documentário, que dialoga diretamente com The Corporation (2003) - outra produção que enfoca o mundo das corporações norte-americanas.

    Apesar de indispensável, Enron - Os Mais Espertos Da Sala é um pouco maçante em alguns momentos por conta do excesso de termos econômicos específicos. O que pode atrapalhar a atenção do espectador menos interado nesses assuntos. No entanto, isso não interfere no seu entendimento como um todo, já que se trata de um roteiro claro e direto.

    Enron - Os Mais Espertos Da Sala é um documentário cínico do jeito que deveria ser. Num mundo capitalista, no qual o dinheiro manda em vidas e dita as atitudes das pessoas, produções como estas são cada vez mais necessárias. Afinal, nos ambientes corporativos podem surgir os maiores malfeitores que o mundo moderno encontra, como mostra o documentário. Quando se tem uma moral frágil, dinheiro não é problema para subvertê-la mais ainda.