cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    EU, MEU IRMÃO E NOSSA NAMORADA

    Por Angélica Bito
    31/10/2008

    Mais de oito meses depois de sua estréia nos EUA, a comédia dramática Eu, Meu Irmão e Nossa Namorada finalmente chega aos cinemas brasileiros. Trata-se do segundo filme de Peter Hedges, indicado a alguns prêmios (Festival de Sundance e Independent Spirit Awards, dois dos principais eventos relacionados ao cinema independente norte-americano) com sua estréia como diretor, Do Jeito que Ela É (2002), além da indicação ao Oscar de Melhor Roteiro Adaptado pelo trabalho como roteirista em Um Grande Garoto (2002).

    Neste novo filme, Hedges volta a abordar o tema que permeia sua obra anterior: um personagem que não se sente pertencente ao ambiente familiar. Que de normal não tem nada. Neste caso, ele é Dan (Steve Carell), um homem viúvo, pai de três filhas - as adolescentes Jane (Alison Pill) e Cara (Brittany Robertson), além da pequena Lilly (Marlene Lawston) -, colunista de um jornal. Ele viaja para passar um fim de semana com sua numerosa família em Rhode Island. Lá, ele conhece Marie (Juliette Binoche), descobrindo, mais tarde, que se trata da nova namorada do irmão bonitão Mitch (Dane Cook).

    Familiares histéricos e conflitos amorosos deste naipe são ambientes perfeitos para conflitos tragicômicos desenvolvidos neste longa-metragem. E Hedges sabe como fazer esse tipo de filme. Com a ajuda da como sempre eficiente e hilária atuação de Steve Carell, o resultado torna-se muito mais consistente do que o trabalho anterior.

    Dosando de forma sábia as doses de drama às altas pitadas cômicas e algumas de romance e as belas composições originais de Sondre Lerche para a trilha sonora, Eu, Meu Irmão e Nossa Namorada é uma excelente opção para o espectador que procura um entretenimento divertido que passa longe do vazio abismal de muitas produções do gênero que passam por nossas surradas telas.