cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    AMANTE A DOMICÍLIO

    Filme tem protagonista desinteressante que não convence
    Por Roberto Guerra
    29/04/2014

    Como em Romances e Cigarros (2005), John Turturro tinha um enredo interessante para desenvolver, excelentes atores sob sua direção, mas não conseguiu transformar seus recursos em um bom filme. Amante a Domicilio taxia, taxia e nunca decola de fato e isso porque a trama simples propõe nas entrelinhas reflexões que nunca vem à tona e só servem para acentuar as deficiências dramáticas da produção.

    A história trata de um homem comum, Fioravante (Turturro), e seu amigo Murray (Woody Allen) que decide transformá-lo em michê. O pacato jardineiro nega a princípio a proposta aparentemente absurda do colega, mas é convencido a assumir a nova profissão. Passa, então, a se dividir entre três clientes: a Dr. Parker (Sharon Stone), sua amiga Selima (Sofia Vergara) e a viúva judia Avigal (Vanessa Paradis).

    Daí em diante Amante a Domicílio segue morno, com alguns momentos engraçados que ficam dispersos em meio a uma textura narrativa picotada que em nenhum momento consegue levar o espectador a se interessar de fato pelos destinos e transformações dos personagens. Allen até que está engraçado como o malandro Murray, mas ele sozinho não sustenta o filme, até porque Turturro não convence ninguém como garoto de programa. Sobra apatia e falta carisma ao insosso Fioravante.

    As coisas são ainda piores com as personagens femininas. As três mulheres são personalidades unidimensionais, que parecem estar no filme somente para justificar as atitudes tomadas pelos personagens masculinos. Em nenhum momento ficam claras suas motivações e atitudes, até porque o roteiro não consegue desenvolver a contento nenhuma das muitas subtramas que apresenta. Como esperado, ao final tudo é resolvido de forma pressurosa e destituída de emoção.

    Mesmo pontuado de problemas adjacentes, o calcanhar de Aquiles de Amante a Domicílio é realmente seu protagonista. Fioravante é uma lousa em branco. Ele é um homem solitário, lacônico e que gosta de flores. E isso é muito pouco para nos convencer que uma psicanalista rica (Stone), sua amiga gostosona e tarada (Vergara) e uma viúva judia carente (Paradis) vão acha-lo irresistível. Em resumo, neste filme todos os personagens parecem ser mais excitantes que o protagonista gigolô.