cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    JOGOS MORTAIS - JIGSAW

    Jogos Mortais - Jigsaw chega aos cinemas sendo mais um do mesmo
    Por Thamires Viana
    30/11/2017

    Por sete anos, Jigsaw e seus sádicos jogos permaceram quietos e sem sinal de que poderiam retornar às telonas. A franquia criada por James Wan, em 2004, chega ao seu oitavo episódio sem grandes novidades. Com roteiro sem ideias criativas e oportunidades de inovar esquecidas na gaveta, os diretores Michael Spierig e Peter Spierig trazem Jogos Mortais - Jigsaw para, talvez, encerrar um ciclo que já parecia ter sido concluído em 2010.

    O longa se inicia com uma perseguição policial, algo nada comum para os demais filmes que já entregavam na primeira cena as armadilhas de Jigsaw/John Kramer, personagens de Tobin Bell. Essa é a única diferença de Jigsaw, que de cara já apresenta um roteiro (assinado por Josh Stolberg e Pete Goldfinger) idêntico ao dos episódios anteriores. Prepare-se para ver novamente corpos que trazem a marca do serial killer, armadilhas que prendem a cabeça da vítima e o detetive Halloran, vivido pelo ator Callum Keith Rennie, sem nunca saber o que está acontecendo mesmo lidando com casos parecidos há anos. A dupla de diretores parece ter usado todo o estoque de criatividade no longa de ficção cientíca O Predestinado em 2015, deixando de lado a originalidade e fazendo mais do mesmo.

    Tudo se torna mais um jogo sangrento onde as vítimas gritam, choram, ouvem tudo com atenção e descobrem porque estão fazendo parte daquela loucura saída da mente perturbada de Jigsaw. As cenas de morte parecem ser totalmente encobertas pelo grande foco do filme: quem está por trás de tudo isso, afinal? É então que o longa perde sua graça de deixar o espectador arrepiado com todas as torturas presentes nos anteriores. A repulsa com as tomadas de pernas ou cabeças cortadas passam longe dessa vez. Nesse caso, a trama se enrola ao tentar apelar para o fan service, evitando inovar nas armadilhas ou na forma de comunicação do serial killer. 

    Talvez Jogos Mortais - Jigsaw tenha sido castigado pelo tempo de espera e a alta expectativa dos fãs ao serem noticiados de que mais um filme estava sendo produzido. Mesmo aqueles que acreditavam no fim da franquia em 2010, com a chegada de Jogos Mortais - O Final, esperavam algo que pudesse vir para fechar com chave de ouro um dos compilados mais amados do cinema, mas terão de encarar uma sequência repetitiva e padrão.