cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    O CORAJOSO RATINHO DESPEREAUX

    Por Angélica Bito
    16/01/2009

    Dirigida por Sam Fell (Por Água Abaixo) e o estreante na direção Robert Stevenhagen, a animação O Corajoso Ratinho Despereaux é adaptação do livro infantil A História de Despereaux, escrito por Kate DiCamillo. Com traços elegantes, a produção deve atrair principalmente aos espectadores mais novos por conta de sua história edificante e um protagonista carismático, mas de uma forma mais infantil.

    O protagonista, no caso, é o camundongo que dá nome ao filme, Despereaux. Nascido sem medo algum - diferentemente dos seus semelhantes -, é motivo de preocupação para pais e professores. Paralelamente, acompanhamos também a história da ratazana Roscuro. E, como todos sabem, camundongos e ratazanas não se dão bem, mas a história de O Corajoso Ratinho Despereaux tem como mote principal apresentar ao público que nem sempre as aparências equivalem à verdade - esta aí a mensagem edificante - e ratazanas podem ser amigas de camundongos, que podem sim ser corajosos como o orelhudo personagem que dá nome à animação.

    Além desses dois personagens, também há uma jovem empregada que sempre acreditou ser uma princesa, apesar de desengonçada e pobre. Desta forma, acompanhamos a jornada desses personagens que tentam vencer a barreira das aparências para, finalmente, mostrar ao mundo o que realmente sentem por baixo de suas figuras e o preconceito que provocam.

    O roteiro de O Corajoso Ratinho Despereaux não é complexo e as mensagens que ele tenta passar são bastante claras: as aparências enganam. A simplicidade do texto faz com que os espectadores mais jovens possam apreciar o filme. Ao mesmo tempo, não há muitos toques cômicos na animação, que preza por um estilo mais elegante - tanto na narrativa quanto no desenho - para encantar o público. Uma proposta ousada, principalmente se a idéia for atrair um grande público às bilheterias, mas não deve decepcionar aos que puderem dar a chance a esta animação única e bonita.