cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    RATATOUILLE

    Por Angélica Bito
    06/07/2007

    Eles conseguiram novamente. Por Ratatouille, o estúdio de animação Pixar destaca-se novamente no mercado, marcando sua hegemonia em produções do gênero. Ponto também para a Walt Disney, estúdio tradicional em animações que, após perder terreno para a Pixar, preferiu comprar a empresa e investir em todo o potencial criativo da equipe, esbanjado novamente em sua nova produção.

    O cenário de Ratatouille é a lúdica Paris, reconhecida como não somente a cidade das luzes ou do amor, mas também como capital da gastronomia mundial. Lugar perfeito para que Remy realize o sonho de se tornar um chef a não ser por um pequeno problema: ele é um rato e, como sabemos, essa espécie é muito mal-vista nas cozinhas do mundo todo graças a seus hábitos de higiene. Mas Remy até que é um ratinho limpinho e seu maior herói é o chef Auguste Gusteau, que costumava ser o proprietário do restaurante que leva seu sobrenome, um dos mais prestigiados de Paris, antes de sua morte. Ele também é autor do livro Todo Mundo Pode Cozinhar e é inspirado nessas palavras que nosso herói nutre esse sonho, também alimentado por seu olfato e paladar apurados, capazes de, juntos, criar os mais diversos e apetitosos sabores. Quando ele conhece Linguini, o novo responsável por jogar o lixo do Gusteau's, encontra no jovem uma oportunidade de colocar seu talento à disposição da cozinha de seu herói e, quem sabe, salvar o estabelecimento da falência após a morte do proprietário. Skinner, o novo chef no comando da cozinha, é a "pedra no sapato" da dupla, sempre querendo descobrir, afinal, como Linguini aprendeu a cozinhar tão bem.

    A história de Ratatouille é envolvente. Ela dosa divertidos toques de absurdo e fantasia a situações reais, seduzindo tanto os espectadores infantis quanto os mais crescidos - algo bastante explorado pelas animações atuais. A animação traz personagens carismáticos e divertidos, além das tradicionais "lições de moral", presentes em produções do gênero. Valores como a superação pessoal e a persistência na busca por sonhos permeiam a história de Ratatouille, que ainda traz divertidas piadas e tiradas inteligentes. A animação, dirigida por Brad Bird (Os Incríveis), mostra Paris do ponto de vista do pequeno Remy; as "câmeras" têm uma fluidez interessante, especialmente na cena em que ele viaja pelos esgotos parisienses até cair na cozinha do Gusteau's.

    Hoje, a Pixar é sinônimo de qualidade em se tratando de animações digitais. Portanto, o espectador sempre espera uma boa produção do gênero quando existe o "carimbo" do estúdio. Em Ratatouille, o público pode esperar uma divertida e inteligente animação. Em uma cena do longa, um dos personagens sente como se estivesse voltando à infância ao provar um dos pratos provenientes da cozinha do Gusteau's; é mais ou menos assim que os espectadores mais crescidos se sentem ao provar mais este "quitute" em animação da Pixar: sem medo de rir e se envolver como crianças, que, definitivamente, aprovarão Ratatouille com o mesmo entusiasmo.