cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    REFÉM DO SILÊNCIO

    Por Celso Sabadin
    22/05/2009

    No início dos anos 90, um bando de criminosos comete um audacioso assalto, roubando uma pedra avaliada em US$ 10 milhões. Porém, um dos assaltantes trai o grupo e embolsa, sozinho, a valiosa mercadoria. Dez anos depois, a filha do conceituado psiquiatra Dr. Conrad (Michael Douglas), é seqüestrada. O que os dois casos poderiam ter em comum? Por que os seqüestradores não exigem dinheiro em troca da menina? Qual a relação que um importante psiquiatra poderia ter com um crime cometido uma década atrás? Estas são algumas perguntas propostas pelo filme Refém do Silêncio, baseado no livro Don’t Say a Word, de autoria de Andrew Klavan.

    Misturando drama familiar com investigação criminal, Refém do Silêncio é um thriller envolvente. O diretor Gary Fleder (o mesmo de Coisas Para Fazer em Denver Quando Você Está Morto e Beijos Que Matam) demonstra habilidade na montagem deste verdadeiro quebra-cabeças policial, em que cada personagem, por mais coadjuvante que pareça, terá sua função até o final da trama.

    Com montagem ágil e fotografia em tons escuros que valorizam a densidade do enredo, o filme prende a atenção e flui bem até momentos antes de seu desfecho. Ao se aproximar do fim, contudo, o roteiro se perde em alguns finais “falsos” e força determinadas situações que quase comprometem o filme como um todo. Quase.

    Mesmo tendo dado prejuízo no mercado norte-americano (seu alto custo de US$ 50 milhões não foi sequer igualado nas bilheterias), Refém do Silêncio é uma boa opção para os fãs de thrillers policiais.

    23 de outubro de 2001
    ____________________________________________
    Celso Sabadin é jornalista e crítico de cinema da Rádio CBN. Às sextas-feiras, é colunista do Cineclick. celsosabadin@cineclick.com.br