cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    SOBRENATURAL

    Dirigido por malaio que comandou primeiro <em>Jogos Mortais</em>, terror fica devendo - e muito.<br />
    Por Celso Sabadin
    18/04/2011

    Muitos filmes nos suscitam várias dúvidas, deixam perguntas no ar, provocam discussões. Em Sobrenatural, a grande questão é: por que este filme foi feito? Por que realizar uma produção de terror exatamente igual a várias outras anteriores, sem criatividade, sem novidade, sem estilo?

    Por incrível que pareça, a história fala – novamente – de uma família que se muda para uma bela casa e começa a ter problemas com assombrações. E todo o resto você, que gosta de filmes de terror, já conhece. O diretor reproduz todas as velhas armadilhas do gênero, daqueles que ninguém mais cai. São portas batendo, música alta nos momentos cruciais, aparições relâmpago de fantasmas, e por aí vai. Só faltou o gato preto que pula de repente na frente do personagem, mas aí também já seria demais.

    Sobrenatural não chega a ser um filme ruim, mal realizado, ou tosco. Não. Ele é simplesmente, digamos, insípido.

    O diretor malaio James Wan é um dos criadores e também diretor do primeiro Jogos Mortais, além de produtor executivo do restante da franquia. O roteirista Leigh Whannel também está sempre presente nos créditos daquela franquia. Mas aqui todos eles ficaram devendo. Muito.