cineclick-logo
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • Fale Conosco|Política de Privacidade
    © 2010-2020 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    A 100 PASSOS DE UM SONHO

    Previsível, o prazer está no desenrolar da história
    Por Roberto Guerra
    27/08/2014
    7/10

    A 100 PASSOS DE UM SONHO

    10
    Drama

    Não gosto do modismo de usar adjetivos como "saboroso" e "delicioso" para me referir a filmes. Mas, neste caso, vou abrir exceção. O gastronômico A 100 Passos de Um Sonho merece tais qualificações, mesmo que seja um prato esquemático, previsível, deliberadamente feito para satisfazer paladares diversos.

    O esperável, neste caso, não chega a ser problema. De fato não há grandes reviravoltas ou mistérios no roteiro de Steven Knight (Coisas Belas e Sujas). É possível antecipar o que vem pela frente, mas é bem verdade também que, o que pode parecer óbvio, pressentido, também costuma gerar conforto para o espectador.

    E quando o principal não é saber como a história vai terminar, o prazer está em apreciar seu desenrolar. E este é bem conduzido pelo diretor Lasse Hallström (Chocolate), que extrai nuances de personalidade dos personagens explorando situações triviais, o que dá um respiro para os caminhos previsíveis dos acontecimentos.

    A 100 Passos de Um Sonho conta a história de Hassan (Manish Dayal) e sua família, que partem de Mumbai para a Europa depois que o restaurante da família é incendiado por questões ligadas a uma disputa política. Na tragédia Hassan perde a mãe, quem lhe iniciou os segredos da cozinha. A família segue primeiramente para Londres, onde as coisas não dão muito certo, depois para a França.

    Viajando pelo interior do país, são obrigados a pernoitar num pequena cidade depois que os freios do carro falham. Lá o pai de Hassan (Om Puri) decide se estabelecer, apesar da contrariedade dos filhos. Compra um velho restaurante abandonado e o reforma. O problema é que, do outro lado da rua, fica um premiado restaurante propriedade de Madame Mallory (Helen Mirren), que dedicou sua vida à cozinha francesa desde que o marido morreu.

    A princípio ela não dá muita bola para a concorrência, mas não demora muito e um divertido duelo tem início entre a empertigada Mallory e o voluntarioso pai de Hassan, depois que ela tenta sabotar a noite de inauguração do restaurante indiano. Esta história serve apenas de pano de fundo para a trajetória do personagem principal, o talentoso Hassan, que sonha em ser um grande chef e, paralelamente, tenta conquistar o coração de uma garota.

    Como disse, os acontecimentos de A 100 Passos de Um Sonho são bem previsíveis. Os personagens, por sua vez, não são muito aprofundados. Alguns, como os irmãos de Hassan, ficam à deriva, mas Hallström consegue driblar bem as deficiências do roteiro e nos fazer embarcar na história. Se não bastasse, ainda temos a sempre eficiente Helen Mirren em cena, que faz de sua orgulhosa Mallory um deleite.