cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    TINKER BELL E O SEGREDO DAS FADAS

    A animação é superdelicada e não tem vilões. É o tipo de filme perfeito para as crianças mais novas<br />
    Por Antoniela Canto
    17/09/2012

    Toda menina, por mais “moleca” que tenha sido, já quis ser princesa ou já acreditou em fadas durante uma época de sua vida. E ninguém melhor que a Disney para fazer com que a gente continue acreditando nos contos de fada. Afinal, há quase um século eles entregam sonhos, como aqui em Tinker Bell - O Segredo das Fadas.

    Em mais um filme da série, você embarca com Tinker Bell e suas amigas para o mundo proibido e misterioso da Floresta do Inverno, onde a curiosa fadinha descobre um mágico segredo que pode mudar a vida de todos para sempre. Tinker Bell - O Segredo das Fadas apresenta ainda a nova e reluzente fada do inverno, Periwinkle.

    Uma coisa eu digo: não tem como não se apaixonar por essas pequenas. E não à toa a franquia é um sucesso entre as meninas. Quando o primeiro DVD da série Tinker Bell apareceu no mercado, vendeu 22% a mais que o esperado.

    A animação é superdelicada e não tem vilões. Fala de amor, amizade, companheirismo e mudanças. É o tipo de filme perfeito para as crianças mais novas. O visual das fadinhas é moderno e impecável: cabelos com penteados incríveis, figurino fofíssimo e charme que não tem fim! Timothy Dalton, Lucy Liu e Anjelica Huston são alguns dos atores que emprestaram suas vozes aos personagens.

    Tinker Bell - O Segredo das Fadas é o primeiro filme da franquia das Fadas da Disney a ser produzido em 3D. As canções foram produzidas pelo compositor Joel McNeely, que criou trilhas sonoras para muitas outras produções da Disney.

    Tinker Bell – O Segredo das Fadas é uma graça. Pode levar sua filha sem medo! Acredite se quiser: até eu fiquei com vontade de ser amiga da Tinker Bell. Ou melhor, fiquei com vontade de SER a Tinker Bell. Mas, pensando bem, sou grande demais para ser fada.