cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    TREZE HOMENS E UM NOVO SEGREDO

    Por Angélica Bito
    22/06/2007

    Treze Homens e Um Novo Segredo é um verdadeiro fenômeno de Hollywood: tornou-se uma franquia bem-sucedida, inaugurada por Onze Homens e um Segredo (2001), refilmagem do clássico homônimo de 1960. Ou seja, a produção surgiu como remake - cada vez mais comum em se tratando da indústria cinematográfica norte-americana - e tornou-se uma rentável franquia cinematográfica que já caminha com as próprias pernas.

    O motivo de tanto sucesso é óbvio: além das três produções reunirem elencos fortes - capitaneadas por Brad Pitt e George Clooney -, aliam o glamour das locações (a fascinação pelos jogos de azar na cidade de Las Vegas está presente mais do que nunca neste terceiro longa-metragem), o charme dos atores, piadas espertas e a direção acertada, assinada por Steven Soderbergh.

    Desta vez, Danny Ocean (George Clooney) e sua gangue envolvem-se num complexo plano (como não poderia deixar de ser) para vingar o velho amigo Reuben Tishkoff (Elliott Gould). Após ser enganado pelo magnata hoteleiro Willie Banks (Al Pacino), dono de um dos maiores cassinos de Las Vegas, Reuben sofre um ataque cardíaco e quase passa desta para melhor. O grupo se junta para dar um motivo a mais para que o companheiro sobreviva ao choque: a vingança.

    Em Treze Homens e Um Novo Segredo, o grupo está mais unido do que nunca. Desta vez, não é o dinheiro que os move, mas sim a lealdade e a amizade pelo companheiro que está na pior. Esse fato, no entanto, não faz com que o grupo perca seu charme de "fora da lei", muito pelo contrário. E, como turmas de amigos geralmente rejeitam interferências femininas, as mulheres ficam fora desta jogada com a ausência das personagens interpretadas por Catherine Zeta-Jones e Julia Roberts. Para balancear, a produção traz um novo personagem, interpretado por Al Pacino, cujo estilo é perfeito para a composição do vilão desta envolvente e mirabolante trama - o que já é de se esperar das produções desta franquia. Destaque também para a animada trilha sonora, assinada por David Holmes, conferindo ao longa um clima de filme setentista.

    A ação de Treze Homens e Um Novo Segredo é trazida da Europa do longa anterior para um cenário tipicamente norte-americano, também presente na produção de 2001: a cidade de Las Vegas. Conhecido como um dos destinos certos para os interessados em diversão, o local é o ideal para que a gangue de Danny Ocean possa não somente concretizar seu plano de vingança, mas, principalmente, se divertir. E é isso que eles parecem fazer juntos neste filme, mais do que nunca. Conseqüentemente, o espectador também consegue se deleitar com o entretenimento elegante e de bom gosto oferecido por Treze Homens e Um Novo Segredo, que se mostra muito mais dinâmico e enxuto se comparado à produção anterior.