Entrevista: Cailee Spaeny fala sobre Lily em Jovens Bruxas - Nova Irmandade

Filme é uma sequência feita para novos públicos, com ligações claras com o clássico dos anos 90

09/11/2020 16h25

Por Daniel Reininger

Jovens Bruxas - Nova Irmandade não é um remake e sim uma sequência feita para novos públicos, com ligações claras com o clássico dos anos 90. Tivemos a chance de saber mais sobre o longa com um bate-papo com a protagonista, Cailee Spaeny que vive a novata Lily.

No vídeo, ela apresenta sua personagem e fala sobre as mudanças em sua vida, que muda para uma nova cidade e entra para uma nova escola. Ela também comenta como Lily se encontra ao conhecer as outras bruxas.

Cailee ainda fala sobre o visual de sua personagem, sua relação com o elemento de sua bruxa, a água, e comenta como a diretora Zoe Lister-Jones trouxe sua visão para a história. Confira tudo isso e mais no vídeo:

Trama

A jovem Hannah, personagem de Cailee Spaeny, se muda com sua mãe para uma nova cidade e passa a morar com o padrasto e seus três meio-irmãos. Quando entra para o novo colégio, a jovem enfrenta diversos desafios para se adaptar à rotina. Quando sofre bullying dos colegas de classe, ela recebe o apoio de três meninas que, juntas, passam a formar um grupo poderoso de novas bruxas.

O quarteto então descobre a força da magia enquanto lida com seus novos poderes, que podem ser usados tanto para o bem, quanto para o mal.

Opinião

"Nos anos 90, quatro amigas buscaram autoconfiança e poder por meio da bruxaria, mas eventualmente elas se perderam em meio a assassinatos e loucura, bem diferente desse novo filme. Jovens Bruxas - Nova Irmandade não é um remake do clássico, é uma continuação que segue os passos do antecessor, mas procura encontrar sua própria história, algo digno se bem executado.

Escrito e dirigido por Zoe Lister-Jones (Band Aid), o primeiro ato de do filme começa bem parecido com o original, com três bruxas em busca de um quarto membro para maximizar seus poderes mágicos. Quando encontram uma garota tímida, alvo de bullying dos colegas, a convencem a entrar para seu grupo de feiticeiras. Essse início pode levar os fãs do original a pensar que sabem o que vem a seguir. No entanto, as coisas seguem um caminho bem diferente do esperado.

Frankie (Gideon Adlon), Tabby (Lovie Simone) e Lourdes (Zoey Luna) se unem à Lily (Cailee Spaeny) não porque testemunharam sua aptidão mágica, mas por simpatia à seu sofrimento, depois dela ser humilhada na aula por um atleta chamado Timmy (Nicholas Galitzine). Só depois disso elas percebem que ela possui habilidades úteis para elas.

Diferente do original, as protagonistas não são as cruéis ou egoístas e essa diferença fundamental na motivação muda completamente o longa para melhor. Tanto que uma de suas magias foca em transformar o agressor de Lili em uma pessoa melhor, o que faz de Timmy um membro do grupo."

Confira a crítica completa

Trailer


Veja também:

Exclusivo: equipe do novo Jovens Bruxas relembra o legado do clássico

Os remakes de terror que mais queremos ver nos cinemas