cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    56 anos de Denise Fraga, confira os filmes marcantes da atriz e comediante

    A atriz, produtora e comediante é uma artista completa, capaz de enfrentar papéis bem diferentes
    Por Daniel Reininger
    15/10/2020

    Aproveitando o aniversário de 56 anos da atriz e comediante Denise Fraga, destacamos os filmes que marcaram sua carreira. A atriz, produtora e comediante Denise Fraga é uma artista completa, capaz de enfrentar papéis bem diferentes com muita desenvoltura e merece nossa homenagem. Confira:

    O Auto Da Compadecida (1999) 

     

    Denise Fraga em O Auto da Compadecida


    Baseado na peça teatral de Ariano Suassuna, o longa marcou a geração com suas frases marcantes e humor refinado. Na trama, João Grilo (Matheus Nachtergaele) e Chicó (Selton Mello) são nordestinos sagazes que armam as maiores confusões para ganhar o pão de cada dia. Eles conseguem um emprego na padaria da cidade, mas estão sempre sofrendo com a exploração do trabalho e com o tratamento que recebem dos patrões.

    Hoje (2011)

    Com o reconhecimento da morte do marido Luiz (César Troncoso), vítima da repressão desencadeada pela ditadura militar brasileira (1964-1985), Vera (Denise Fraga) recebe indenização e pode comprar um sonhado apartamento próprio. Porém, quando finalmente consegue tocar sua vida para frente e libertar-se desta condição de "suspensão" em que viveu durante décadas, seu marido reaparece para assombrá-la. O reencontro transforma-se em um acerto com o passado.

    Continua após o anúncio
    Denise Fraga em Hoje

    De Onde Eu Te Vejo (2016) 

    Denise vive Ana Lúcia, esposa de Fábio (Domingos Montagner). Só que na confusão da vida moderna, o casal se separa após 20 anos de casamento e ele passa a viver no apartamento do outro lado da rua. Eles terão que aprender a viver a nova realidade – a separação, a crise no trabalho e a mudança de cidade da filha – e perceberão que no meio da confusão da vida moderna é possível reinventar uma nova forma de amar.

    de onde eu te vejo