cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    A história real por trás de Halston, nova minissérie da Netflix

    Estrelada por Ewan McGregor e produzida por Ryan Murphy, atração retrata a vida do estilista Roy Halston Frowick
    Por Thamires Viana
    14/05/2021 - Atualizado há 4 meses

    Chegou hoje (14) à Netflix a minissérie Halston, nova produção de Ryan Murphy que firma como mais uma parceria do produtor com o catálogo de streaming. Estrelada por Ewan McGregor e baseada no romance Simply Halston, do escritor americano Steven Gaines, a atração mergulha na vida de Roy Halston Frowick, estilista americano que se tornou uma grande celebridade nos anos 70.

    Com cinco episódios caprichados de uma estética deslumbrante, a minissérie retrata os momentos mais impactantes da vida de Halston, principalmente aqueles em que os exageros - de drogas, sexo e fama - dominaram sua trajetória no mundo da moda. 

    Quem foi Roy Halston Frowick

    O estilista americano Roy Halston FrowickCréditos: © Lesley Frowick

    Dono de um temperamento forte e muita autenticidade, o estilista americano Roy Halston Frowick, nascido em Iowa, nos Estados Unidos, sempre foi apaixonado por moda. No início dos anos 50, ele passou a trabalhar no ramo ao abrir uma empresa de fabricação de chapéus femininos, conquistando as clientes com design simples, mas arrojado. 

    Sua fama veio no início da década de 60 quando desenhou o chapéu azul usado pela então primeira dama Jacqueline Kennedy na posse presidencial de seu marido, John F. Kennedy, em 1961. O acessório foi a porta de entrada para Halston no disputado e luxuoso mundo da moda. 

    O americano aproveitou essa oportunidade e construiu um verdadeiro império durante os anos 60 e 70, ampliando o trabalho para a confecção de roupas femininas e, assim, criando um novo estilo naquela época. Optando sempre pela simplicidade e minimalismo, Halston criava peças confortáveis que passaram a chamar a atenção, principalmente após o uso de calças pelas mulheres se tornar popular, e as opções de trajes com tecidos mais leves ganharem as ruas. 

    Com a fama vieram as amizades de grandes personalidades, como o pintor Andy Warhol e a atriz e cantora Liza Minnelli, além de modelos e outros estilistas com quem o americano criou vínculos. Halston, que era um frequentador assíduo do Studio 54, uma das discotecas mais badaladas de Manhattan na década de 70, também enfrentou os excessos nos consumos de álcool e drogas, o que levou a uma morte precoce.

    No começo dos anos 80, após firmar um acordo milionário com uma rede de varejos, Halston viu sua popularidade despencar, já que a parceria não foi bem recebida no mercado da moda. Pouco tempo depois, em 1988, foi diagnosticado com AIDS e lutou contra a doença até 1990, quando faleceu de sarcoma de Kaposi aos 57 anos de idade. 

    Apesar da curta vida, Halston escreveu seu nome no mundo da moda e se tornou um dos estilistas mais reconhecidos e influentes dos Estados Unidos. 

    A série

    A atração tem direção assinada por Daniel Minahan e produção executiva de Murphy, produtor americano conhecido por American Horror Story, Ratched e Pose. Além de Ewan McGregor como Halston, o elenco ainda traz nomes como Rory Culkin, Rebecca Dayan, Sullivan Jones e Mary Beth Peil.

    Halston tem cinco episódios - que variam de 40 a 50 minutos - e já está disponível no catálogo da Netflix. 

    Trailer oficial

    Veja mais: