cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    A Ilha da Morte abre o 17º CineCeará

    Por Da Redação
    01/06/2007

    O filme A Ilha da Morte, do cineasta cearense Wolney Oliveira, abre hoje (1º) o 17º CineCeará - Festival Ibero-Americano de Cinema, realizado em Fortaleza até o dia 8 de junho. Co-produção entre Brasil, Cuba e Espanha, o filme conta a história de Rodolfo. Aos 20 anos, ele sonha em ser diretor e chegar a Hollywood. Seu pai é um perseguido político na Cuba de 1958 e sua família tem de fugir de Havana e se refugiar numa cidadezinha do interior, onde conhece um grupo de cineastas amadores.

    No total, foram 117 longas-metragens inscritos para exibição no evento - 66 de países ibero-americanos e 51 brasileiros. A mostra competitiva contará com oito deles: os brasileiros Querô, de Carlos Cortez, e Patativa do Assaré - Ave Poesia, do cearense Rosemberg Cariry; As Cruzes, de Rafael Rosal (Guatemala); o português Body Rice, de Hugo Vieira da Silva; o argentino Chile 672, de Pablo Bardauil e Franco Verdoia; o espanhol De Bares, de Mario Iglesias; o peruano Mariposa Negra, de Francisco J. Lombardi; e a co-produção entre Cuba, Espanha e Venezuela La Edad de la Peseta, de Pavel Giroud.

    Os longas-metragens concorrem a um prêmio de US$ 10 mil para o Melhor Filme e serão avaliados por um júri. Os selecionados concorrem ainda ao Troféu Mucuripe, assinado pelo artista plástico cearense Descartes Gadelha, nas categorias: Direção, Fotografia, Edição, Roteiro, Trilha Sonora Original, Som, Direção de Arte, Ator e Atriz.

    Mais informações podem ser obtidas no site oficial do evento.