cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    ‘A Vida Sexual das Universitárias’ começa com o pé direito na HBO Max

    Série criada por Mindy Kaling lançou os dois primeiros episódios na plataforma
    Por Thamires Viana
    23/11/2021 - Atualizado há 8 dias

    A Vida Sexual das Universitárias, atração criada por Mindy Kaling e Justin Noble, chegou ao catálogo da HBO Max e já vem dando o que falar por lá. Usando o característico humor de Kaling — a mente por trás de Eu Nunca... — que vai do ácido ao hilário, a série já demonstrou em seus dois primeiros episódios que abordar o sexo através de um olhar jovem e feminino foi um bom acerto.

    Na trama, Kimberly, Bela, Whitney e Leighton formam um quarteto de meninas que dividem o mesmo quarto na renomada Essex College. Com personalidades totalmente diferentes, elas passam a criar uma divertida amizade enquanto se esforçam para se saírem bem nos estudos.

    Cena da série A Vida Sexual das UniversitáriasReprodução

    Bela, interpretada por Amrit Kaur, vem de uma tradicional família indiana, mas está com os hormônios à flor da pele. Kimberly (Pauline Chalamet), uma tímida garota do interior, é aquela que coloca os estudos em primeiro lugar e guarda sua virgindade para o namorado. 

    Já Whitney (Alyah Chanelle Scott) é uma excelente jogadora de futebol que mantém um caso secreto com o treinador do time e enfrenta o distanciamento da mãe, uma vereadora bem ocupada. Enquanto isso, Leighton (Reneé Rapp) mantém a pose de garota rica e popular, mas esconde de todos a sua orientação sexual.

    Opinião

    Como o próprio título já diz, A Vida Sexual das Universitárias tem como foco retratar as descobertas sexuais na vida de jovens que acabam de ingressar na faculdade. Porém, a atração faz isso com bastante leveza e bom humor, garantindo que a temática não se torne apelativa no decorrer da trama. 

    Os dois episódios liberados pela HBO Max funcionaram bem como um aprofundamento na vida de cada uma das protagonistas, além de também dar destaque para personagens secundários que ajudam na dinâmica do grupo, incluindo Nico (Gavin Leatherwood), o irmão mais velho de Leighton. 

    De cara, já fica visível que os criadores apostaram na ideia de ampliar as discussões saudáveis e hilárias sobre o sexo trazendo-as para o universo feminino e jovem. A variação de linguagem, que vai do mais maduro ao humor mais ácido, deixa A Vida Sexual das Universitárias com uma carinha de "Sex and The City da nova geração" ou então um "Sex Education só de garotas". 

    A série mergulha pelas mentes em êxtases de jovens estudantes sem deixar de lado os ensinamentos sobre o assunto, a diversidade sexual e também a busca pela própria liberdade. Os diálogos leves e a química das quatro integrantes desse grupo carismático garantem o entretenimento nesse início da série e já faz o público criar muita identificação com cada uma delas.

    Cena da série A Vida Sexual das UniversitáriasReprodução

    Produção

    Criada por Mindy Kaling e Justin Noble, A Vida Sexual das Universitárias traz nomes como Kabir Akhtar, Zoe R. Cassavetes e David Gordon Green no time de direção e o elenco ainda conta com Conor Donnally, Kavi Ramachandran Ladnier, Betti, Stephen Guarino e Najee Muhammad.

    A série está disponível no catálogo da HBO Max com dois episódios até o momento. Os demais capítulos serão liberados às quintas-feiras na plataforma de streaming

    Assista ao trailer oficial:

    Veja também: