cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Acusação de abuso sexual contra Woody Allen virou série da HBO; relembre o caso

    Allen v. Fallow conta as polêmicas que envolveram o cineasta após sua separação da atriz Mia Farrow
    Por Thamires Viana
    22/02/2021 - Atualizado há 5 meses

    Um dos maiores escândalos públicos de Hollywood chegou ao streaming no último domingo, dia 21 de fevereiro, e já deu o que falar. Allen v. Farrow estreou HBO e HBO Go trazendo os detalhes da acusação de abuso sexual contra o cineasta Woody Allen envolvendo Dylan Farrow, filha adotiva dele com a atriz Mia Farrow.

    Em 4 episódios, a série investigativa vai além das notícias já publicadas sobre o assunto e conta os detalhes privados da polêmica nunca revelados antes, incluindo o julgamento da custódia travada pelo ex-casal Allen e Farrow, além do relacionamento amoroso do diretor americano com a filha de Farrow, Soon-Yi Previn. 

    Em Allen v. Farrow, o público acompanha o caso a partir de entrevistas reveladoras com Mia Farrow, Dylan Farrow e Ronan Farrow, assim como investigadores, testemunhas, familiares e especialistas que falarão pela primeira vez sobre as acusações. Ainda há imagens de filmagens caseiras, evidências policiais, fitas de áudio e documentos judiciais que trazem uma visão ampla sobre o caso que se tornou um dos mais comentados em Hollywood.

    Assim como Leaving Neverland, que aborda as acusações de abuso sexual contra o astro da música Michael Jackson, Allen v. Farrow foi gravada em segredo e anunciada dias antes de sua estreia na HBO. A atração foi dirigida por Kirby Dick e Amy Ziering, com produção assinada por Amy Herdy. (As informações são do The Hollywood Reporter)

    Relembre o caso

    Em 2014, Dylan Farrow, filha adotiva de Woody Allen com a atriz Mia Farrow, publicou uma carta aberta no The New Your Times revelando que foi abusada sexualmente pelo cineasta quando ela tinha sete anos de idade. No texto, Dylan detalha o caso que teria acontecido no início dos anos 90, afirmando que o pai adotivo a levava ao sótão da casa onde morava com a família para cometer os abusos.

    Essa não foi a primeira vez que o diretor de Noivo Neurótico, Noiva Nervosa foi acusado de abuso. Em 1992, logo após se separar de Mia Farrow com quem ficou casado por 13 anos, ela descobriu o romance do americano com Soon Yi Previn, jovem adotada por ela antes do casamento com Allen. 

    Mia teria encontrado fotos da filha nua na casa do diretor e levado o caso à justiça. No entanto, ele não foi condenado, mas perdeu a guarda dos filhos para a ex-mulher. Logo depois, em 1997, Allen assumiu o relacionamento com Previn, na época com 19 anos, e eles estão casados até hoje.

    Teaser oficial Allen v. Farrow