cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    As 6 mentes mais psicopatas do cinema

    Cineastas que criam filmes tão insanos que nos fazem questionar como puderam pensar nisso!
    Por Thamires Viana
    18/10/2021 - Atualizado há 7 dias

    O cinema encanta, emociona, diverte, mas se depender de alguns cineastas, ele também pode traumatizar (e muito) seus espectadores! 

    Responsáveis por filmes insanos e bizarros, alguns diretores e roteiristas já causaram polêmica por trazer temáticas repulsivas às telas, gerando até mesmo a censura de suas produções em alguns países.

    Confira os diretores com as mentes mais psicopatas do cinema:

    Lars Von Trier

    O diretor dinamarquês é conhecido por explorar assuntos bem delicados em suas tramas e já causou muita polêmica com abordagens surreais nas telonas.

    Por trás de roteiros como Melancolia e Dançando No Escuro, longas, digamos, mais tranquilos, ele também comandou os bizarros Anticristo, Ninfomaníaca e, mais recentemente A Casa Que Jack Construiu, que causou um mega mal estar em Cannes após o público sair da sala por conta das cenas explícitas de violência e taxidermia. 

    Cena de A Casa que Jack Construiu, de Lars Von TrierReprodução

    John Waters

    Um dos diretores mais insanos do cinema é o americano John Waters. Embora tenha trazido filmes mais amenos como Crybaby, estrelado por Johnny Depp, e Hairspray - Éramos Todos Jovens, ele também é conhecido por comandar longas para lá de trashs! 

    O que dizer de Pink Flamingos, longa de 1972 que causou polêmica ao mostrar cenas grotescas de coprofagia e abuso de animais? Pesado!

    Cena de Pink Flamingos, de John WatersReprodução

    Tom Six

    Você pode não ligar o nome à pessoa, mas esse diretor nascido nos Países Baixos é o responsável por traumatizar o mundo todo com o polêmico A Centopeia Humana!

    Com três filmes, a franquia de Six é realmente uma das mais bizarras da história do cinema e causou repulsa em muita gente. O filme até hoje é banido em diversos países, incluindo o Brasil, por trazer cenas escatológicas repletas de brutalidade. Eu, hein?!  

    Cena de A Centopeia Humana, de Tom SixReprodução

    Srdjan Spasojevic

    Ele tem apenas três filmes na carreira, mas o seu primeiro trabalho como diretor e roteirista foi capaz de chocar o mundo.

    Se você já ouviu falar sobre A Serbian Film - Terror Sem Limites, longa de 2010, já deve imaginar do que estamos falando. O longa sérvio é, de longe, um dos mais polêmicos já lançados e ainda é censurado em diversos países, incluindo Espanha e Noruega.

    Na época do lançamento, a produção deu o que falar por trazer cenas de abuso sexual, pedofilia, necrofilia e mutilação. 

    Cena de A Serbian Film - Terror Sem Limites, de Srdjan Spasojevic Reprodução

    Ken Russell

    Sem medo de trazer bizarrices em suas produções, o diretor britânico ficou conhecido por seu jeito ácido de retratar alguns assuntos.

    Seu filme mais insano, Os Demônios, de 1974, alcançou o topo das bilheterias londrinas mas foi descrito como monstruoso e indecente pela crítica local. Nele, um grupo de freiras aparece em orgias e até em cenas explícitas de sexo com uma estátua de Jesus Cristo. 

    Cena de Os Demônios, de Ken RussellReprodução

    Eli Roth

    O "menos assustador" da lista é Eli Roth, ator e diretor americano que faz boas parcerias com Quentin Tarantino.

    No entanto, o que dizer de O Albergue, longa que 2005 que ganhou mais duas sequências? Repleto de cenas sangrentas de mutilação e brutalidade, a franquia cult ainda apavora turistas do mundo inteiro.

    Outro filme bizarro que saiu da mente de Roth é Canibais, longa gravado na Amazônia, que retrata um grupo de viajantes que sofre um acidente de avião e é resgatado por uma tribo de canibais. O longa é uma reimaginação do perturbador Holocausto Canibal, de 1980. 

    Cena de Canibais, de Eli RothReprodução

    Lembrou de mais algum cineasta que retrata assuntos insanos? Conta pra gente nas nossas redes sociais

    Veja também: