cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Alessandra Negrini, a musa do audiovisual brasileiro

    Atriz voltou a encantar o público na série Cidade Invisível, da Netflix
    Por Thamires Viana
    13/03/2021 - Atualizado há 6 meses

    Com o lançamento de Cidade Invisível, série nacional da Netflix, Alessandra Negrini voltou a ser um dos assuntos mais comentados das redes sociais. 

    A atração que mergulha na história do folclore brasileiro trouxe a atriz como a Cuca, um dos seres mitológicos mais conhecidos do gênero. Em poucos dias os comentários sobre o talento e a beleza da atriz de 50 anos movimentou o público. 

    Com um currículo extenso na TV, no cinema e no teatro, Alessandra se consagrou como uma das atrizes mais renomadas do audiovisual brasileiro e tem papéis de destaque em sua carreira.

    Relembre sua trajetória:

    Alessandra Negrini

    Alessandra Negrini em cena de Engraçadinha (1995)Foto / Reprodução / Bazilio Calazans

    Nascida em São Paulo em agosto de 1970, Alessandra Negrini começou a cursar teatro em 1988, aos 18 anos, e aos 23 estreou na novela Olho por Olho, sucesso da Rede Globo. No ano seguinte integrou o elenco de Cara ou Coroa. 

    Seu grande destaque veio na minissérie Engraçadinha: Seus Amores e Seus Pecados, baseada na obra de Nelson Rodrigues, na qual ela viveu a personagem-título em 1995. Na TV, Alessandra ainda esteve no elenco de novelas como Anjo Mau, Meu Bem Querer, Desejos de Mulher, Celebridade, Paraíso Tropical e Orgulho e Paixão.

    Em 1997, a atriz estreou nas telonas com o filme O Que É Isso, Companheiro?. Já em Sexo, Amor e Traição, comédia de 2004 dirigida por Jorge Fernando, ela viveu Andréa, uma jovem que está cansada de não ser valorizada em seu casamento. O filme arrancou risadas do público com uma história divertida e descompromissada. 

    Em 2012 estrelou como Júlia o filme 2 Coelhos, longa de ação que foi um grandes sucessos de sua carreira nas telonas. A produção trouxe diversos elementos inovadores ao cinema nacional, incluindo efeitos visuais e referências à cultura pop. 

    Alessandra Negrini em cena de 2 Coelhos (2012)Reprodução

    Na comédia Mulheres Alteradas, de 2018, Alessandra viveu Marinati, uma mulher viciada em trabalho que se apaixona perdidamente e precisa lidar com essa nova realidade. Divertida, a personagem faz parte de uma história que acompanha o cotidiano de quatro mulheres vivendo variados conflitos pessoais. 

    Entre seus demais trabalhos no cinema estão Cleópatra, A Erva do Rato, O Abismo Prateado, Beduíno e Acqua Movie.

    Neste ano, Alessandra entrou para o elenco de Cidade Invisível, série de Carlos Saldanha roteirizada por Raphael Draccon e Carolina Munhóz que já foi renovada para uma segunda temporada da Netflix. 

    Além da série, seu trabalho recente é A Árvore, monólogo idealizado pela atriz que mescla teatro e cinema. O projeto acompanha uma escritora solitária e aborda assuntos como esperança e isolamento. 

    50 anos?

    Muitos ainda se chocam com a idade de Alessandra devido à aparência jovem que não muda. Aos 50 anos, ela é considerada uma das musas do audiovisual brasileiro e parece que o tempo não passa para ela! Ela é mãe do ator Antônio Negrini, de 24 anos, fruto do relacionamento que teve com Murilo Benício no final dos anos 90, e de Betina Ferreira, de 16 anos, com o músico Otto, com quem foi casada por sete anos. 

    Ativa nas redes sociais, ela alegra os fãs com sessões de perguntas e respostas nos stories do Instagram e costuma dividir sua rotina de exercícios, trabalhos e bem-estar com o público.

    Confira alguns cliques:

    Confira o trailer de Cidade Invisível:

    Conteúdo Relacionado