cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Alfred Hitchcock: os seis melhores filmes do mestre do suspense

    Um dos cineastas mais importantes da história do cinema trouxe clássicos atemporais
    Por Thamires Viana
    14/01/2021 - Atualizado há cerca de 2 meses

    Alfred Hitchcock foi um dos cineastas mais renomados da sétima arte. Apelidado carinhosamente como o 'mestre do suspense', o britânico nos deixou em 1980, mas seu legado ao cinema continua impecável. 

    Em todos os seus filmes, Hitchcock inovava trazendo técnicas e roteiros imersivos que, atualmente, servem como objetos de estudos para cineastas contemporâneos.  Com clássicos atemporais e conhecidos mundialmente, seus trabalhos continuam marcando as novas gerações.

    Confira um TOP 6 especial de Alfred Hitchcock

    6. Festim Diabólico (1948)

    Cena do filme Festim DiabólicoReprodução

    O longa lançado em 1948 e estrelado por John Dall, Farley Granger e James Stewart chamou a atenção do público pela ótima simulação de um plano sequência. No entanto, o longa possui 10 planos sequências editados para parecer apenas um. Na história, Brandon Shaw e Phillip Morgan formam uma dupla de amigos que matam um rapaz apenas para descobrir qual é a sensação. Para disfarçar o crime, eles escondem o corpo em um baú que acaba servindo de apoio para drinks durante uma festa. Porém, o que parecia estar sob controle acaba despertando a desconfiança de Rupert Cadell, um dos convidados da festa.

    Continua após o anúncio

    5. Disque M Para Matar (1954)

    Cena do filme Disque M Para Matar Reprodução

    Estrelado pela brilhante Grace Kelly e pelo ator Ray Milland, o suspense foi propositalmente rodado dentro de ambientes fechados já que Hitchcock queria trazer sensação de claustrofobia para a trama. Na história ambientada em Londres, um ex-atleta profissional decide assassinar sua esposa após descobrir uma traição, além de garantir que herdará sua fortuna. Ele então chantageia um colega de faculdade para cometer o crime, mas descobre que algo não saiu conforme o planejado.

    4. Os Pássaros (1963)

    Cena do filme Os Pássaros Reprodução

    O filme se tornou um dos mais marcantes na carreira do cineasta e é até hoje consagrado pelos fãs. Para a produção, cerca de que 3.200 pássaros foram treinados, incluindo corvos e gaivotas que, segundo Hitchcock, eram as mais ferozes. Na curiosa  trama, Melanie (Tippi Hedren), uma socialite de San Francisco, viaja para uma pequena cidade ao norte da Califórnia pois está em busca de um namorado. Porém, ela acaba surpreendida por uma misteriosa quantidade de pássaros que surgem na cidade e passam a atacar os moradores. 

    Continua após o anúncio

    3. Psicose (1960)

    Cena do filme Psicose Reprodução

    Você pode até não conhecer tanto assim a carreira do cineasta, mas claramente já assistiu a emblemática cena do assassinato no chuveiro, não é? O filme mais conhecido de Hitchcock serviu de base para a série Bates Motel, estrelada por Freddie Highmore, e ganhou até um remake em 1998 com direção de Gus Van Sant. Na história, a atriz Janet Leigh vive Marion Crane, uma jovem que furta a empresa em que trabalha e foge com o dinheiro. Porém, quando uma forte tempestade começa, ela decide parar em um hotel na beira da estrada. Lá é recebida por Norman Bates (Anthony Perkins), um misterioso homem que cuida do lugar. Mas não demora muito para que Marion suma misteriosamente. 

    2. Janela Indiscreta (1954)

    Cena do filme Janela IndiscretaReprodução

    Lançado em 1954 e estrelado por James Stewart e Grace Kelly, o suspense integra a lista dos 100 melhores filmes americanos de todos os tempos e foi o longa de maior bilheteria em seu ano de lançamento. A história segue o fotógrafo L. B. Jeffries, um homem que não pode sair de seu apartamento pois se recupera de uma fratura na perna. A fim de passar o tempo, ele começa a observar seus vizinhos através da janela com uma lente teleobjetiva. Porém, durante uma de suas espiadas, ele se convence de que um homem do prédio em frente matou a própria esposa e desapareceu com o corpo. Agora, ele conta com a ajuda de sua namorada Lisa para desvendar o crime. 

    Continua após o anúncio

    1. Um Corpo que Cai (1958)

    Cena do filme Um Corpo que Cai Reprodução

    Em 2012, o suspense foi eleito o melhor filme da história e não é para menos. Um Corpo que Cai foi o primeiro filme a usar computação gráfica e, além disso, trouxe técnicas de iluminação inovadoras para a época. Hitchcock criou uma atmosfera imersiva para o longa e o tornou um dos mais importantes para o cinema. Estrelado por James Stewart e Kim Novak, o longa acompanha o detetive aposentado Scottie Ferguson que sofre de acrofobia, um terrível medo de altura. Ele volta à ativa quando um amigo de faculdade contrata seus serviços pois quer seguir sua esposa, Madeleine que, segundo ele, passou a dar uns passeios suspeitos. Porém, Scottie acaba impedindo a mulher de cometer suicídio e se apaixona por ela.