Alta Fidelidade faz 20 anos; relembre filmes para curar um coração partido

Estrelado por John Cusack, o longa chegou em 27 de outubro de 2000 no Brasil

27/10/2020 12h00

Por Thamires Viana

Nesta terça-feira, dia 27 de outubro, o longa Alta Fidelidade completa 20 anos de lançamento no Brasil. Estrelado por John Cusack, o longa baseado no romance homônimo de Nick Hornby se tornou um dos queridinhos da década de 2000 com sua maneira sarcástica de abordar a falta de habilidade de um homem com relacionamentos.

Para celebrar o aniversário do longa, separamos uma lista de filmes que discutem relacionamentos e podem dar um novo gás para um coração partido.

Separe o pote de sorvete, a barra de chocolate, o edredom e confira:

Alta Fidelidade 

Alta Fidelidade

Robb (John Cusack) é dono de uma loja de discos de vinil em Chicago. Quando sua namorada de longa data o abandona, ele começa a reavaliar sua vida e seus romances e a mudar seu comportamento. Uma comédia romântica e sarcástica sobre a falta de habilidade para lidar com relacionamentos e que vai te ajudar a pensar muito sobre o que acabou de terminar.

(500) Dias Com Ela

(500) Dias Com Ela

Contado de forma não-linear, o filme narra a história de um rapaz (Joseph Gordon-Levitt) que acredita no amor, mas se apaixona por uma garota que pensa diferente. O roteiro de Michael H. Weber e Scott Neustadter pretende mostrar que o término de um relacionamento pode até ser traumático, mas a vida sempre nos dá um novo começo.

Mesmo Se Nada Der Certo

Mesmo Se Nada Der Certo

O longa conta a história de Gretta (Keira Knightley) que se muda para Nova York com o namorado afim de perseguir seu sonho de viver de sua música. O problema é que a carreira solo do namorado deslancha e ela fica para trás - o que não impede que ela descubra novas possibilidades ao lado de um fracassado produtor (Mark Ruffalo) que a vê cantando em um bar local.

Relembre outros filmes que ajudam a curar um coração partido

Veja também:

High Fidelity: a série com Zoë Kravitz que você não pode perder


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus