cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Até que enfim o Globo de Ouro lembrou de indicar mulheres na direção

    O ano de 2021 vai ficar marcado como o primeiro em que a premiação bateu esse recorde
    Por Thamires Viana
    03/02/2021 - Atualizado há 29 dias

    Se você está por dentro das indicações do Globo de Ouro, premiação que dá início à temporada de premiações em Hollywood, deve se lembrar que já há alguns anos que o número de mulheres indicadas à categoria de melhor direção é baixo. Em 2020, por exemplo, não havia sequer um nome feminino para compor a lista.

    No entanto, após duras críticas em relação ao assunto, parece que os representantes do prêmio abriram os olhos e, finalmente, anunciaram três mulheres para concorrer em uma das categorias mais importantes da premiação.

    Mulheres no Globo de Ouro

    Antes da edição de 2021, apenas cinco diretoras haviam sido indicadas para o prêmio de Melhor Direção em Cinema, sendo elas: Barbra Streisand por Yentl em 1984, sendo até o momento a única ganhadora; Jane Campion por O Piano em 1994; Sofia Coppola por Encontros e Desencontros em 2004; Kathryn Bigelow por Guerra ao Terror em 2010 e por A Hora Mais Escura em 2013, e Ava DuVernay por Selma em 2015, marcando como a primeira mulher negra a garantir sua vaga por lá.

    O recorde de 2021

    Agora, na 78ª edição de um dos maiores prêmios do cinema e da televisão, a lista de cinco nomes traz três mulheres na competição, o que também mostra uma representatividade racial com Regina King, uma mulher negra, e Chloe Zhao, cineasta chinesa. 

    Conheça as indicadas:

    Regina King, atriz renomada em Hollywood, assumiu a direção do drama One Night in Miami e está na disputa. Ela também já vem sendo apontada como uma forte concorrente a mesma categoria no Oscar deste ano. O filme acompanha nomes como Muhammad Ali, Malcolm X, Sam Cooke e Jim Brown se reunindo em um bar para discutir seus papéis na luta pelos direitos civis na década de 1960. 

    Chloe Zhao levou uma indicação pelo drama Nomadland, que também concorre à categoria de Melhor Filme de Drama e é apontado como um dos escolhidos para a disputa ao Oscar. Estrelado por Frances McDormand, o filme conta a história de Fern, uma mulher de 60 anos que resolve cair para a estrada para viver como uma nômade moderna após um colapso econômico na cidade.  

    Emerald Fennell garantiu uma indicação por Bela Vingança, drama intenso protagonizado por Carey Mulligan. Na história, Cassie é uma ex-estudante de Medicina que está traumatizada por uma tragédia ocorrida no passado. Ela então arma um plano de vingança e vai até o fim para por em prática.

    O Globo de Ouro 2021 está marcado para acontecer no dia 28 de fevereiro, mas assim como o Emmy 2021, não contará com a presença de convidados devido à pandemia mundial do coronavírus.