cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Atores britânicos ameaçam fazer greve

    Por Da Redação
    18/09/2001

    Depois dos atores americanos, é a vez dos atores britânicos ameaçarem entrar em greve. As conversas com as produtoras já se estendem há um ano, e um acordo ainda parece distante.

    A principal reclamação é que os atores britânicos recebem um valor fixo quando as produções são lançadas em vídeo e DVDs ou transmitidas pela televisão, e não um pagamento proporcional às vendas. Nos Estados Unidos as coisas funcionam diferentes, o que faz com que atores britânicos ganhem menos que colegas americanos de mesmo destaque.

    O sindicato Equity, que representa 36 mil atores britânicos, convocou seus filiados a não assinarem nenhum contrato para trabalhar a partir de dezembro deste ano.

    Inúmeros atores estão apoiando a decisão, entre eles Ewan McGregor (Moulin Rouge, Guerra nas Estrelas - A Ameaça Fantasma, Trainspotting). "Estou cansado de fazer produtores e distribuidores enriquecer, enquanto eu e meus colegas atores somos explorados", afirmou.

    A greve pode atrasar as gravações de alguns projetos grandes, como as do próximo 007, marcadas para janeiro do ano que vem. O estúdio Warner Bros. foi precavido e providenciou acordos específicos para a seqüência de Harry Potter, que deve começar a ser produzido ainda este ano.