Bilheteria EUA: Cinderela fica em primeiro e bate Malévola

Fábula teve boas críticas e ainda é ajudado pela exibição do curta Frozen Fever

15/03/2015 13h09

Por Daniel Reininger

Cinderela fez ótima estreia nos cinemas norte-americanos e arrecadou US$ 70 milhões. O longa bateu a outra estreia do fim de semana, Noite Sem Fim, estrelado por Liam Neeson, que fez US$ 11 milhões e ficou na segunda posição. Diferença esmagadora.

A nova versão do conto de fadas estreou um pouco à frente do último filme do gênero do estúdio, Malévola, com Angelina Jolie no papel principal, filme que fez US$ 69 milhões em seu fim de semana de estreia, em maio de 2014.

Cinderela teve boas críticas e ainda é ajudado pela exibição do curta Frozen Fever, derivado do maior sucesso da Disney, Frozen - Uma Aventura Congelante, com sete minutos de duração. Mundialmente, o filme já faturou US$ 132 milhões, sendo US$ 25 milhões apenas da estreia na China. No brasil, Cinderela estreia em 26 de março.

O novo filme de Will Smith com Rodrigo Santoro, Golpe Duplo, ficou em quarto, pouco atrás de Kingsman - Serviço Secreto, com Colin Firth, que ficou em terceiro.

A ficção científica Chappie, do mesmo diretor de Distrito 9, filme mais assistido nos Estados Unidos entre os dias 6 e 8 de março, caiu para a quinta posição. Neste final de semana, o longa arrecadou cerca de US$ 5,8 milhões.

Cinquenta Tons De Cinza saiu do Top 10, assim como Renascida Do Inferno. Enquanto isso, Bob Esponja: Um Herói Fora D'água segue firme e forte e Sniper Americano voltou a figurar entre os dez primeiros.

Veja o top 10, de acordo com o Box Office Mojo:

1. Cinderela – US$ 70 milhões

2. Noite Sem Fim – US$ 11 milhões

3. Kingsman - Serviço Secreto – US$ 6,2 milhões

4. Golpe Duplo – US$ 5,805 milhões

5 Chappie - US$ 5,8 milhões

6. O Exótico Hotel Marigold 2 - US$ 5,7 milhões

7. Bob Esponja: Um Herói Fora D'água – US$ 4,1 milhões

8. Mcfarland, Usa – US$ 3,6 milhões

9. Sniper Americano – US$ 2,93 milhões

10. The Duff – US$ 2,9 milhões


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus