cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Borat ganhará sequência não-autorizada

    Por Da Redação
    27/11/2010

    De acordo com informações da BBC Brasil e o Cinema Blend, o segundo melhor jornalista do Cazaquistão irá virar um novo filme, intitulado My Brother, Borat.

    O cineasta cazaque Erkin Rakishev irá dirigir uma sequência não-autorizada do filme lançado em 2006. A ideia é manter o característico humor negro, mas melhorarando a imagem do Cazaquistão. Na época do seu lançamento, Borat foi considerado ofensivo no país e sua exibição vetada. O governo cazaque chegou inclusive a ameaçar processar Sacha Baron Cohen, ator que vivia Borat nas telonas.

    "Todo cazaque que vai ao Ocidente sente desconforto ao dizer de onde vem porque os ocidentais associam o país ao filme Borat ", disse Rakishev à BBC.

    No novo longa, John, um jornalista americano, decide visitar o Cazaquistão depois de ver o primeiro filme Borat. Ele procura o vilarejo fictício Kusek, onde o personagem teria nascido. Mas, ao chegar lá, encontra uma cidade moderna e desenvolvida.

    "No filme, John se lembra de que Borat havia mencionado seu irmão Bilo, que tem um problema mental. Ele o encontra em um hospital psiquiátrico ao lado de Osama Bin Laden e George Bush, e é assim que o filme começa", disse o diretor. Surreal? Parece um pouco de dor de cotovelo. Depois do encontro, Bilo levaria John em uma viagem por seu país, mostrando para ele o verdadeiro Cazaquistão.

    Veja o vídeo abaixo e confira um pouco da insanidade de Rakishev.