cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Brendan Fraser culpa agência por carreira ruim

    Ator reclama que não recebe boas oportunidades, mas recusou a sequência de Viagem ao Centro da Terra
    Por Da Redação
    10/12/2010

    O ator Brendan Fraser (12 Horas até o Amanhecer) está culpando uma agência de talentos, ao qual ficou vinculado pelos últimos seis anos, por sua decadência como ator, segundo o Worst Previews. O último grande filme de Brendan foi A Múmia: Tumba do Imperador Dragão, que conseguiu arrecadar US$ 400 milhões, mas foi execrado por fãs e críticos.

    A maioria dos filmes que Fraser fez no período em que esteve com a WME foi fracasso de bilheteria. Relembrando alguns deles: Coração de Tinta, Decisões Extremas e Deu a Louca nos Bichos. Seu papel em Elling, um musical da Broadway, foi encerrado após nove performances - número muito curto para espetáculos do gênero.

    Após fazer Crash - No Limite, em 2006, era esperado que ele começasse a ter papéis sérios e de maior destaque. No entanto, foi justamente nessa época que ele se vinculou à WME e teve quase sempre filmes menores em seu caminho. Fraser reclama, mas teve a oportunidade de aceitar a sequência para Viagem ao Centro da Terra - que recusou por não considerar o cachê à altura de sua performance.