cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Bryan Singer: Vítima diz lembrar de diretor de X-Men após terapia

    Na primeira ação judicial, em 2000, o nome de Singer não consta entre os acusados
    Por Cristina Tavelin
    18/04/2014

    Michael Egan, o ator de 31 anos que ganhou os noticiários desta semana ao acusar o diretor de X-Men de abuso sexual, diz ter bloqueado na memória a participaçãp de Bryan Singer no incidente que envolveu outros três homens. Agora, afirma que passou a recordá-lo após dar início a sessões de terapia.

    Em 2000, segundo informções do TMZ, Egan registrou a acusação sobre a mesma festa na piscina em 1998, mas sem mencionar o nome de Singer, indicando com detalhes os outros envolvidos no crime. No relato mais recete, acusa Singer de tê-lo obrigado a praticar sexo oral dentro da piscina quando tinha 15 anos. Na época, o diretor tinha 17.

    Marc Collins-Rector, responsável pela festa, fugiu do país na época da primeira acusão e o processo não teve continuidade.

    A ação judicial movida na quarta-feira também relatava que o diretor obrigou o então garoto a inalar cocaína. O advogado de Singer afirma que as acusações são "absurdas e difamatórias".