cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Canal Brasil comemora os 80 anos de José Lewgoy

    Por Da Redação
    22/11/2000

    Sempre lembrado pelos marcantes papéis de vilão que interpretou em seus primeiros trabalhos na telona, José Lewgoy comemora, em 16 de novembro, 80 anos de vida. E o Canal Brasil exibe, exatamente no dia do aniversário deste versátil ator, às 20h, Retratos Brasileiros, uma biografia em que o próprio Lewgoy revê e comenta sua carreira na companhia de seus colegas de profissão, como os atores Hugo Carvana e Milton Gonçalves e os cineastas Guilherme de Almeida Prado e Fábio Barreto.

    O programa também fala da fama de "ranzinza" e "reclamão" do ator. "Ele bota para fora o que está sentindo, se tem alguém fazendo coisa errada ele vai lá e fala, o que é ótimo", diz Fábio Barreto. O diretor Guilherme de Almeida Prado também dá sua opinião. "Eu costumo brincar que o Lewgoy tem senso de mal humor", conta o cineasta, que dirigiu o ator em A Dama do Cine Shangai, Perfume de Gardênia e A Hora Mágica.

    No programa especial, detalhes sobre a vida e a carreira de José Lewgoy, um dos atores mais versáteis e expressivos do cinema brasileiro. Lewgoy nasceu em Alfredo Chaves, hoje Veranópolis, no Rio Grande do Sul. Estudante da Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas de Porto Alegre, iniciou suas atividades artísticas no Teatro do Estudante no começo dos anos 40. Logo depois, ganhou uma bolsa de estudos para um curso de teatro na Universidade de Yale, ficando três anos nos Estados Unidos.

    A estréia nos cinemas veio em 1949, com o filme Quando a Noite Acaba, de Fernando de Barros, que também dá seu depoimento durante o programa. Com mais de 80 longas-metragens no currículo, o ator foi, inclusive, dirigido por cineastas estrangeiros, como Werner Herzog, com quem ficou mais de um ano filmando Fitzcarraldo, ao lado de Klaus Kinski.

    Entre os filmes em que atuou estão Terra em Transe (1967), O Beijo da Mulher Aranha (1985) e no recente A Hora Mágica (1999). Na TV, participou de novelas como Água Viva (1980) e Anjo Mau (1998). Atualmente, está gravando a minissérie Os Maias.

    O Canal Brasil também preparou um festival em que a carreira de Lewgoy pode ser revista ou até mesmo conhecida pela nova geração, através de alguns dos seus filmes mais marcantes. O Festival José Lewgoy irá ao ar todas as quartas, às 23h30.


    Abaixo, a programação:

    Dia 22/11, às 23h30 – Retratos Brasileiros e Amei um Bicheiro (1952)
    Dia 29/11, às 23h30 – Matar Ou Correr (1954)
    Dia 06/12, às 23h30 – Terra em Transe (1966)
    Dia 13/12, às 23h30 – Roberto Carlos em Ritmo de Aventura (1967)
    Dia 20/12, às 23h30 – O Gigante da América (1978)
    Dia 27/12, às 23h30 – Engraçadinha (1981)
    Dia 03/01, às 23h30 – Tabu (1982)
    Dia 10/01, às 23h30 – A Hora Mágica (1999)