cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Capitão América não focará patriotismo

    Por Da Redação
    23/07/2010

    Steve Rogers é conhecido por ser um americano que sonha em se unir ao exército e defender seu país. Mesmo sem superpoderes, e após um experimento com material radioativo, Steve Rogers se torna o forte e estratégico Capitão América. Todos sabem, também, que o herói foi criado durante a Segunda Guerra e é um dos maiores símbolos do patriotismo aos EUA. Mas Joe Johnson quer mudar a ideia geral sobre o herói.

    Em uma entrevista ao LA Times, o diretor do filme Captain America: First Avenger revelou que quer quebrar o que já se sabe da história e focar Steve Rogers como uma pessoa boa, mais do que como um americano. “Ele é um cara que quer servir ao seu país, mas não é um patriota”, explica o cineasta.

    Segundo Johnson, a produção cinematográfica está recriando o Steve Rogers apresentado nos quadrinhos. “Nós pontuamos isto no roteiro: ‘Não mude quem você é, se o fizer, vai de Steve Rogers a supersoldado’”.

    Johnston deixa claro que, no seu filme, não tem nada de patriotismo: “O elenco e a história são internacionais”, declarou, esquecendo de citar a locação das cenas, em Londres.

    Mas será que a ideia de uma história do Capitão América, representação de força dos EUA, vai agradar ao público? Capitão América chega aos cinemas em 22 de julho de 2011.