cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Há 10 anos, carreira de Ryan Reynolds quase acabou com 'Lanterna Verde'

    Depois disso, ator se redimiu e fez Deadpool e agora Free Guy
    Por Daniel Reininger
    19/08/2021 - Atualizado há 29 dias

    Há 10 anos, os fãs dos quadrinhos ficaram decepcionados com a estreia de Lanterna Verde, um dos maiores fracassos da DC Comics nos cinemas.

    O filme faturou apenas US$ 219 milhões mundialmente, apesar de ter custado US$ 54 milhões, mas o golpe mais duro contra a obra e seu protagonista foi a nota no agregador de críticas Rotten Tomatoes, amargos 26% de aprovação dos crítos e 45% do público.

    Relembre o filme e saiba como Ryan Reynolds deu a volta por cima:

    Trama

    Primeiro, lembre da história: Uma pequena e poderosa força existe há séculos e é a protetora da paz e da justiça, ela é conhecida como a Tropa dos Lanternas Verdes. 

    Uma irmandade de guerreiros designada a manter a ordem intergaláctica, na qual cada Lanterna Verde possui um anel que lhe garante superpoderes. 

    Porém, um novo inimigo chamado Parallax ameaça destruir o equilíbrio das forças do Universo e o destino dos guerreiros e do planeta Terra estará nas mãos do seu mais novo recruta, o primeiro humano a ser selecionado para a Tropa: Hal Jordan (Ryan Reynolds), um piloto de testes talentoso e audacioso.

    Opinião

    O filme de 2011 não fez jus ao personagem, um dos mais influentes e amados da editora, em um longa fraco e incapaz de capturar o espírito do herói.

    A verdade é que o filme não é tão ruim quanto muitos apontam, mas é obviamente um projeto que não recebeu a devida atenção, afinal, o filme sofre principalmente no roteiro. É nítida a falta de cuidado do time de roteiristas composto por Greg Berlanti, Michael Green, Marc Guggenheim e Michael Goldenberg. Em diversos momentos o filme escancara isso de forma triste.

    Um bom exemplo é toda a construção de Hal Jordan, o protagonista interpretado de forma pobre por Ryan Reynolds. Em uma cena, ele aparece em casa e encontra a família reunida para um aniversário e é a única situação em que vemos estes personagens, apresentados somente para pontuar a irresponsabilidade do protagonista e seu problema com o pai. A partir daí, a família simplesmente deixa de existir. Bizarro.

    Repletos de cenas e diálogos rasos, o filme não consegue divertir e nem aprofundar seus personagens. Além disso, você não se importa com o destino dos Lanternas Verdes, porque é impossível se relacionar com eles.

    Lanterna Verde parece não acreditar na capacidade de compreensão de seu público. Em diversos momentos, os personagens verbalizam o que sentem como se o espectador não fosse inteligente o suficiente para perceber. A quantidade de diálogos expositivas é ridícula.

    Do tom, ao desenvolvimento da trama e dos personagens, o longa deixou muito a desejar.

    A coisa foi tão feia, que o próprio Ryan Reynolds disse que ele não conseguia trabalhos depois de Lanterna Verde.

    Veja o trailer:

    Quase fim de uma carreira

    Reynolds quase atingiu uma parede de tijolos em sua carreira, graças ao desastroso Lanterna Verde, a primeira tentativa real do ator a ir além das comédias e de papéis coadjuvantes.

    Isso significaria um beco sem saída para muitas estrelas, mas ele decidiu fazer de tudo para trazer Deadpool para a tela e conseguiu não apenas reviver o projeto - que ficou paralisado por mais de uma década - mas também criar um novo sucesso.

    O ator revelou a Taraji P. Henson como parte da série Actors on Actors da Variety, que foi um momento difícil para ele como ator.

    "Eu representei a morte do super-herói por um tempo", disse Reynolds. "Depois do Lanterna Verde, eu estava praticamente impossibilitado de ser contratado", revelou.  

    O ator conseguiu apenas papéis menores ou de dublagem, até que Deadpool o colocou como um dos maiores astros de Hollywood, algo coroado com Free Guy - Assumindo O Controle.

    A vergonha foi tanta, que na cena pós-créditos de Deadpool 2 ele tenta apagar esse momento traumático de sua carreira. Veja o momento:

    Free Guy

    Depois de Deadpool, o ator ganhou destaque e agora ganha sua própria franquia com Free Guy.

    Free Guy - Assumindo O Controle traz no elenco nomes de peso como Ryan Reynolds, Jodie Comer, Joe Keery, Taika Waititi Lil Rel Howery

    O filme acompanha Guy, um homem que trabalha como caixa de um banco e descobre que pode ter muito mais na vida, afinal, ele passa de figurante de um popular jogo de videogame à personagem principal. Enquanto tenta se adaptar a essa nova vida de aventuras, ele precisa correr contra o tempo para continuar vivo.

    Free Guy - Assumindo O Controle já está nos cinemas. Veja o trailer:

    Veja mais