cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Cinema pode ajudar a explicar abuso psicológico no BBB

    A confusão envolvendo Lucas Penteado e Karol Conká deixou o público do reality show enraivecido
    Por Daniel Reininger
    02/02/2021 - Atualizado há 27 dias

    As polêmicas do BBB 21 não param. A confusão envolvendo Lucas Penteado e Karol Conká deixou o público do reality show enraivecido. Abusos como os que aconteceram com Kerline Cardoso são retratados de forma aprofundada no cinema e podem ajudar a entender melhor o sofrimento das vítimas.

    Para quem não viu o BBB, houve uma grande briga entre Kerline e Lucas Penteado. Depois de inicialmente defender a colega, Karol imitou a influenciadora de forma a ridicularizá-la, fazendo Lumena e Nego Di darem risada da situação.

    Diante disso, a conta de Kerline no instagram divulgou uma nota de repúdio, chamando a situação de abuso psicológico. "É inadmissível que uma mulher, vítima de abuso psicológico, seja vítima de chacota em rede nacional", escreveu a equipe da cearense, na legenda do vídeo que expõe o comportamento do trio.

    Veja a nota de repúdio

    Cinema retrata abusos

    O abuso emocional acontece dentro de relacionamentos familiares, profissionais, amizades e ambientes sociais, onde existe o objetivo de causar sofrimento a uma das partes. Aos poucos, a vítima perde a capacidade de ter uma vida saudável.

    Um dos filmes mais famosos sobre o assunto é À Meia-luz, ou Gaslight (1944), que deu origem ao termo de manipulação psicológica gaslighting. O longa conta a história de um homem que fez de tudo para convencer a esposa que ela estava perdendo a razão para ficar com sua fortuna. Para isso, realizava manipulações frequentes até que ela questionasse a sua sanidade mental.

    Quem ouve frases como "Você está ficando louca" ou "Você está exagerando" durante uma discussão, pode estar sofrendo de gaslighting, por exemplo.

    Outro filme que retrata abuso psicológico é Garota Exemplar, sobre o desaparecimento de uma mulher. Na história, uma esposa descobre que seu marido é infiel, fica furiosa e decide buscar vingança incriminando-o de assassinato. 

    Ele, então, vai à mídia e faz promessas de se tornar um parceiro melhor se ela voltar. Ela retorna, mas antes faz com que um ex-namorado se torne suspeito pelo seu desaparecimento, livrando o marido. Ou seja, os dois personagens mostram comportamentos tóxicos.

    No caso de Rebecca, dirigido por Alfred Hitchkcock, a história acompanha uma jovem (Joan Fontaine) que se casa com Maxim de Winter (Laurence Olivier). A governanta da casa, interpretada por Judith Anderson, é autoritária e ainda venera a sua antiga patroa, Rebecca, falecida ex-mulher de Laurence. A funcionária chega a tratar o antigo quarto da mulher como um santuário. Aos poucos, a personagem de Fontaine é dominada por toda essa situação abusiva e lentamente começa a se perder em sentimentos negativos.

    Pouco se fala sobre os danos causados à saúde emocional e física, até porque os sinais da violência psicológica são mais difíceis de interpretar. O estresse e a ansiedade que a vítima sente são tão fortes que a fazem viver num estado de alerta permanente, por exemplo.

    E talvez um dos mais famosos filmes do assunto é estrelado por Julia Roberts. Dormindo com o Inimigo consegue retratar a dolorosa realidade de um relacionamento abusivo ao contar a história de uma mulher que deseja desesperadamente se separar do marido a ponto de querer mudar de identidade e aparência.

    Críticas maldosas, acusações, xingamentos, ofensas, desprezo, ironia, ameaças veladas, silêncio como punição, controle de todos os passos da vítima, frases ditas com o propósito de confundir e outros são comportamentos do abusador.

    Continua após o anúncio

    Filmes podem alertar

    O abuso psicológico causa um grande dano na vida de quem o sofre. Esses filmes trazem alguns exemplos de abuso psicológico no cinema e retratam muito bem questões como as vistas ao vivo no BBB. Esses e outros longas podem nos ajudar a entender melhor questões que afetam as vítimas e também perceber os comportamentos nocivos. 

    Obras dramáticas nos mostram alguns sinais de problema, como quando quando existe medo ou ansiedade em relação a outra pessoa. Seja como for, é importante ficar atento e buscar ajuda profissional, além da de amigos e familares.