cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Com novo elenco, The Crown continua cativante na 3º temporada

    Olivia Coleman agora faz o papel da Rainha Elizabeth II
    Por Daniel Reininger
    18/11/2019

    A nova temporada de The Crown conseguiu um feito incrível, mudar seu elenco inteiro para mostrar o passar do tempo e ainda manter a química e o formato da série. Agora com Olivia Coleman no papel da Rainha Elizabeth II, o programa explora as complexas relações da família real e também com seus súditos. Mesmo com as mudanças óbvias, a série se mantém tão cativante quanto em suas duas primeiras temporadas.

    Nesse momento da série, o mundo passa por mudanças rápidas que começam a afetar a realeza britânica, sempre desalinhada com o mundo real. A Rainha deve lidar com a paranoia da Guerra Fria, um marido em crise, uma irmã alcoólatra e um filho considerado rebelde. Coleman está magnifica no papel principal e o elogio vale para todo o elenco, que manda muito bem.

    Todo mundo sabe que tecnicamente The Crown é acima da média. Cenários incríveis e de acordo com a época, fotografia cuidadosa e figurinos bem montados encantam espectadores de todo o mundo desde a primeira temporada.

    Já os roteiros são bem fechados, com temas centrais e com foco em situações tensas dos bastidores reais, sempre com espaço para momentos de vulnerabilidade a fim de deixar esses personagens mais humanos. Apesar de continuar focada em Elizabeth, a subtrama envolvendo o Príncipe Charles (Josh O'Connor) é bastante surpreendente e começa a preparar o terreno para o que veremos nas próximas temporadas, inclusive seu casamento com a Princesa Diana. Mal podemos esperar!

    Destaque também para a irmã da rainha, a princesa Margaret, agora interpretada por Helena Bonham Carter. A história dela é bastante interessante por sua decadência e quantidade de problemas. Além disso, a atriz consegue dar vida à personagem com realismo, sem criar uma caricatura. Margaret também compartilha algumas cenas memoráveis com sua irmã e as duas poderiam até dividir mais cenas juntas, afinal formam uma dupla com incrível dinâmica.

    De forma geral, a história continua bastante interessante, mesmo para quem não liga muito para a realiza britânica, afinal trata de seres humanos em situações inusitadas e, muitas vezes, extremas. Todos os personagens têm espaço e são aprofundados de forma natural, o que faz a narrativa como um todo ser muito rica.

    A temporada 3 pode assustar os fãs mais antigos pela mudança de elenco, mas a série continua com a mesma qualidade narrativa e de atuações das temporadas anteriores. Não há dúvida de que a série continuará a ganhar prêmios e é impossível não ficar grudado na tela para acompanhar, do início ao fim, a história dessa família.

    Série já está disponível na Netflix, confira o trailer: