cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Começa hoje o Mix Brasil em SP

    Por Da Redação
    13/11/2007

    A partir de hoje (13) e até a quinta-feira da próxima semana (22), ocorre em São Paulo a 15ª edição do Mix Brasil - Festival de Cinema e Vídeo da Diversidade Sexual. O festival já é tradicional no calendário cinematográfico brasileiro ao levar ao público obras que abordam os mais diversos temas relacionados à diversidade sexual. Nesta primeira etapa, o Mix Brasil é realizado em São Paulo, mas percorrerá outras cidades até o fim do ano: em 21 e 22 de novembro, o evento é realizado na cidade de Guarulhos, localizada na Grande São Paulo; de 23 a 29 de novembro, em Porto Alegre (RS); de 29 de novembro a 6 de dezembro, no Rio de Janeiro; e, de 13 a 23 de dezembro, em Brasília.

    Na 15ª edição, o Mix Brasil homenageia o grupo carioca Dzi Croquettes, criado no início dos anos 1970. A equipe original era constituída pelo coreógrafo norte-americano Lennie Dale, Wagner Ribeiro (autor dos textos) e pelos bailarinos Ciro Barcelos, Cláudio Gaya, Reginaldo de Poli, Rogério de Poli, Cláudio Tovar, Paulo Bacellar, Carlinhos Machado, Benedictus Lacerda, Eloy Simões e Bayard Tonelli. O tributo conta com exposição multimídia e as mostras de filmes Desbunde Total e Retrô-Erótiko. A exposição, que começa dia 9 de novembro, com entrada franca, na Caixa Cultural Galeria Paulista, traz imagens dos fotógrafos Antonio Guerreiro e Madalena Schwartz e uma obra do coletivo de arte AVAF. O acervo audiovisual conta com depoimentos dados ao fotógrafo Marcos Bonisson, em 1987, por vários integrantes da primeira fase do grupo, como Lennie Dale, Ciro Bracelos, Bayard Tonelli e Cláudio Tovar. Para fechar o circuito de imagens, serão exibidos o registro de uma performance completa do Dzi Croquettes em Paris, em 1974, e uma versão de treze minutos do documentário da atriz brasileira radicada em Nova Iorque Tatiana Issa com depoimentos de Betty Faria, Marília Pêra e Nelson Motta e dos Dzi atualmente.

    A mostra Mundo Mix traz produções asiáticas, com longas e curtas-metragens de países como Taiwan, Japão, Coréia, Filipinas, Indonésia, Vietnã, Singapura, Malásia e Tailândia. Spider Lilies (Taiwan) e O Desabrochar de Oliveros foram premiados no Festival de Berlim e estão na programação, assim como um programa de curtas selecionados pelo curador convidado John Badalu, da Indonésia). O filme que abre o Mundo Mix é Ai no Kusabi, produção de anime yaoi, gênero de anime gay, geralmente dirigido por mulheres e consumido por adolescentes do sexo feminino.

    O Panorama Internacional traz 35 filmes de dez países e exibe títulos elogiados na edição mais recente do San Francisco International LGBT Film Festival, como o norte-americano Turminha das Sapinhas de Tetinhas Pequeninas, ficção sobre uma garota que trabalha numa clínica de cirurgia plástica e se envolve com um grupo feminista lésbico. O documentário Desaparecido: Danny Williams na Factory de Warhol investiga o desaparecimento misterioso colaborador da Factory, Danny Wiliams, um dos amantes de Andy Warhol e tio de Esther Robinson, diretora do filme. A produção ganhou o Teddy de Melhor Documentário no Festival Internacional de Berlim de 2007.

    A produção nacional Onde Andará Dulce Veiga é baseada no romance homônimo de Caio Fernando Abreu sobre um jornalista que resolve descobrir o paradeiro da cantora. O roteiro original foi escrito nos anos 1980 em parceria com Guilherme de Almeida Prado, que dirigiu a produção.

    A 15ª edição do Mix Brasil ainda conta com a Mostra Competitiva Brasil, o Programa Mix New York - que traz curtas-metragens selecionados pelo lendário festival que está em sua 19 ª edição -, o disputado show Trash-o-rama, Sexy Boys, entre outros programas de curtas, além de projeções ao ar livre e da Oficina Audiovisual Mix Brasil, com temas relacionados aos direitos humanos.

    Em São Paulo, as atividades do Mix Brasil serão realizadas no Memorial da América Latina (Av. Auro Soares de Moura Andrade, 644), Cine Olido (Av. São João, 473), Centro Cultural da Juventude (Av. Deputado Emílio Carlos, 3.641), salas 1, 2 e 4 do Espaço Unibanco de Cinema (R. Augusta, 1475), Cinesesc (Rua Augusta, 2.075), Autorama (Parque do Ibirapuera), área externa da Biblioteca Monteiro Lobato (R. General Jardim, 485) e Cinusp (Rua do Anfiteatro, 181/ Favo 4, colméia).

    Mais detalhes sobre os trabalhos selecionados e a programação do 15º Mix Brasil podem ser obtidos no site oficial do evento.