Confira os vencedores do Oscar do pornô brasileiro

Prêmio Sexy Hot 2019 aconteceu nesta terça-feira em São Paulo

07/08/2019 00h05

Com casa cheia e muita emoção dos vencedores, a edição de 2019 do Prêmio Sexy Hot deu ao longa "La casa de Raquel" duas das maiores conquistas da noite, Melhor Filme e Melhor Diretor. Porém foi "Sugar baby", com quatro prêmios, foi o maior vencedor da noite.

A festa contou com a roteirista e escritora Natália Klein como apresentadora, inclusive sendo a primeira mulher a comandar a premiação enquanto Paulinho Serra tentava acompanha-la.

Após ausência por falta de inscritos em 2018, as categorias LGBT voltaram ao Prêmio Sexy Hot deste ano, sendo cinco das 17 categorias da noite.

Confira agora os vencedores em negrito:

Melhor Filme Hétero
"La casa de Raquel", de Fabio Silva
"Massagem excitante", de Lidy Silva
"Sugar baby", de Roy PP

Melhor Atriz Hétero
Dreadhot, de "Sugar baby"
Mary Luthay, de "Massagem excitante"
Mia Linz, de "Violada ao extremo"

Melhor Ator Hétero
Loupan, de "Massagem excitante"
Vinny Burgos, de "Show de vizinha"
Ed Junior, de "Amor e traição"

Melhor Direção
Fabio Silva, de "La casa de Raquel"
Lidy Silva, de "Massagem excitante"
Paul Wild, de "Start up das loiras"

Revelação do Ano Hétero
Alemão, de "Sugar baby"
Luna Oliveira, de "Casting Brad Montana"
Mario, de "Loira voraz 2"

Melhor Cena de Fetiche
Amanda Souza e Loupan, de "Traições e fetiches"
Mayanna Rodrigues e Patricia Kimberly, de "Amarradas e dominadas"
Bia Roman e Dany Skyli, de "Bound up"

Melhor Cena de Sexo Oral
DreadHot e Alemão, de "Sugar baby"
Marcella Schultz e Loupan, de "Treinar ou gozar"
Amanda Souza, Elisa Sanches e Capoeira, de "Triângulo sexual"

Melhor Cena de Ménage
Carolina Carioca, Vinny Burgos e Jack Kallahari, de "Boas entradas"
Mila Spook, Debora Blu e Nan, de "O que trazes pra mim"
Amanda Souza, Elisa Sanches e Capoeira, de "Triângulo sexual"

Melhor Cena de Dupla Penetração
Mirella Mansur, Nego Catra e Tony Tigrão, de "Promessa é dívida"
Luna Oliveira, Jack Kallahari e Vinny Burgos, de "Brad sex in Rio"
Yana Morgana, Mark But, Eduardo Lima, Vinny Burgos e Felipe Costa, de "Taras de Yara Morgana"

Melhor Cena de Orgia/Gang Bang
Elisa Sanches, Giovana Bombom, Suzy Anderson, Indyara Dourado, Eduardo Lima, Fred Salazar, Jack Kallahari e Felipe Costa, de "Resenha do Brad"
Amanda Souza, Mirella Mansur, Polly Petrova, Ed Junior e Loupan, de "Ilha da perdição III"
Yara Morgana, Eduardo Lima, Felipe Costa, Mark But e Vinny Burgos, de "Taras de Yara Morgana"

Melhor Cena de Sexo Anal
Elisa Sanches, Eduardo Lima e Vinny Burgos, de "Elisa, campeã anal"
Ed Junior e Amanda Borges, de "A hóspede desejada"
Loupan e Mary Luthay, de "Massagem excitante"

Melhor Atriz Homo
Patricia Kimberly, de "Amarradas e dominadas"
Giovanna Bombom, de "As aventuras de Giovana Bombom"
Bruinha Fitness, de "Loira voraz 3"

Revelação do Ano LGBT
Victoria Neves, de "Escravinha T"
Bellatrix, de "Diga sim para a yoga"
Yure Oberon, de "Yure Oberon e Christian Hupper"

Melhor Atriz Trans
Carla Novaes, de "Trocando o óleo"
Deborah Tavares, de "Só queria sexo mesmo"
Amanda Fialho, de "Tentação tropical"

Melhor Cena Homo Feminina
Alessandra Maia e DreadHot, de "Sugar baby"
Patricia Kimberly e Giovana Bombom, de "As aventuras de Giovana Bombom"
Mayanna Rodrigues e Patricia Kimberly, de "Amarradas e dominadas"

Melhor Cena Transexual
Carla Novaes e Capoeira, de "Trocando o óleo"
Bellatrix e Victor Hugo, de "Diga sim para a yoga"
Lilith Scarlett, Victoria Carvalho, Samara de Macedo, Juliana Leal, Geane Peron e Chrystal, de "Pau e buceta"

Melhor Filme Sexy Hot Produções
"App", de Paul Wild
"Atração", de Javier Falcon
"Ano novo", de Paul Wild


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus