cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Conheça a verdadeira origem de 'Venom', da Marvel

    Filme não conta a sua verdadeira história
    Por Daniel Reininger
    25/10/2021 - Atualizado há cerca de 1 mês

    Venom: Tempo de Carnificina é um sucesso por ser curto e divertido. O filme coloca o Protetor Letal em uma história que abraça seu lado mais estranho, com direção firme de Andy Serkis e participação inspirada de Woody Harrelson e Naomie Harris como vilões, uma ótima evolução do fraco primeiro filme.

    Com toda esse reconhecimento, o personagem ganha cada vez mais espaço na cultura pop, mas você sabia que a sua origem é bem mais profunda do que a mostrada no filme? 

    E pode ser útil conhecer um pouco dela para entender o que vêm por aí.

    Descubra:

    Origem

    A maioria dos fãs da Marvel presume que conhece a essência da história de Venom, mas a origem do personagem é mais complicada do que muitos imaginam. O traje preto pegajoso é na verdade membro de uma raça simbionte conhecida como Klyntar. Eles precisam formar uma relação simbiótica com o corpo hospedeiro para prosperar e alcançar a extensão total de seus poderes.

    Quando um desses simbiontes se junta a Eddie Brock, a fusão simbiótica assume o nome de "Venom", mas Brock não é seu primeiro hospedeiro. O simbionte Venom teve uma longa série de aventuras e parceiros antes de encontrar qualquer terráqueo. Sem falar que a história da raça Klyntar remonta a bilhões de anos.

    O que a maioria das pessoas sabem é que: Um dia, esse simbionte chega do espaço, encontra Peter Parker e concede a ele habilidades extras, além de seus incríveis poderes de aranha. Eventualmente, as tendências violentas do simbionte tornam-se aparentes e o Homem-Aranha se separa dele. O simbionte então se funde com Eddie Brock para formar Venom, um dos maiores inimigos do Cabeça de Teia. 

    Bilhões de anos antes

    Para entender completamente as origens do simbionte Venom, é necessário voltar bilhões de anos. A história começa com Knull, uma divindade imensamente poderosa que é mais velha que o próprio universo e cujos poderes são imensos.

    Pouco se sabe sobre as origens de Knull, mas sabemos que ele existia quando o Universo Marvel consistia apenas em trevas - e ele não ficou satisfeito quando isso começou a mudar.

    Knull cria o primeiro simbionte para combater os celestiais, as entidades mais poderosas de todos os quadrinhos da Marvel. Eles são seres atemporais responsáveis ​​pela criação do próprio multiverso. Knull vai contra a ideia dos Celestiais de trazer luz para a existência, então ele trava uma guerra contra eles.

    Para ajudá-lo em combate, Knull cria uma arma a partir das energias sombrias de sua própria sombra, que ganhou consciência, tornando-se o primeiro da raça simbionte.

    Arte do pôster de VenomReprodução

    Venom

    Knull, o deus dos simbiontes, decide eliminar as outras divindades do Universo Marvel. Armado com seu traje e espada simbiontes, ele embarca em uma campanha de assassinatos, mas não dá conta e falha.

    Livres do controle de Knull, os simbiontes se voltam contra seu antigo mestre e o aprisionam. Milhões deles usam sua própria biomassa para aprisionar Knull em um planeta artificial.

    Os simbiontes chamam o planeta construto de Klyntar, palavra de sua espécie para "gaiola" e esse apelido eventualmente se torna o nome de sua raça. Várias centenas de gerações depois, o simbionte Venom nasce nesse local.

    O poderoso membro da raça Kree, Tel-Kar, é o primeiro hospedeiro do simbionte Venom. Ele usa seu traje alienígena com grande efeito na Guerra Kree-Skrull, mas eventualmente perde o Klyntar em uma prisão alienígena. O simbionte permanece em cativeiro lá por um longo período, até que eventos relacionados às Guerras Secretas o libertam.

    Guerra Secretas foi o primeiro grande crossover da editora, no qual vários heróis e vilões da Marvel, incluindo o Homem-Aranha, são transportados para um planeta alienígena para lutarem uns contra os outros. E Venom estava lá.

    Homem-Aranha

    Na série Guerras Secretas, o Homem-Aranha precisa de ajuda. Thor e o Hulk contam a ele sobre uma máquina que distribui armaduras no local, Peter acaba achando Venom e acidentalmente libera o simbionte do cativeiro.

    O simbionte se liga ao Homem-Aranha e cria um novo visual preto para ele. Quando o Homem-Aranha retorna à Terra após as Guerras Secretas, ele traz sua nova roupa simbiótica com ele. A princípio, Peter Parker está em êxtase com as habilidades aumentadas que a roupa lhe concede, mas logo percebe mudanças em sua personalidade.

    Sem falar que o simbionte usa Parker para espancar criminosos violentamente enquanto ele dorme e é aí que o Amigão da Vizinhança resolve se livrar dele.

    O Quarteto Fantástico ajuda o Homem-Aranha a se livrar do simbionte - mas apenas temporariamente. Em seguida, Peter Parker rejeita firmemente o simbionte em uma cena icônica na torre do sino de uma igreja.

    O simbionte fica de coração partido e logo encontra Eddie Brock - um jornalista cuja carreira está em ruínas graças ao Homem-Aranha. Eddie está sentado naquela mesma igreja em busca de redenção, então o simbionte, que compartilha seu ódio pelo Cabeça de Teia da Mavel, se une ao jornalista e Venom, como conhecemos, nasce.

    Embora o simbionte tenha parceria com uma infinidade de outros hospedeiros durante seu tempo na Terra, ele sempre acaba voltando para Brock. Parece que a gosma alienígena finalmente encontrou um hospedeiro que o faz se sentir em casa. Vemos isso um pouco no filme Venom: Tempo de Carnificina.

    Venom 2

    A continuação conta com a direção de Andy Serkis, o Gollum de O Senhor dos Anéis. O elenco conta com a volta de Tom Hardy ao papel de Eddie Brock e Michelle Williams como Anne Weying. Cletus Kasady, o alter ego do Carnificina, é interpretado por Woody Harrelson. 

    Venom faz parte do universo cinematográfico da Sony e também do MCU, de Vingadores. Na trama, o relacionamento entre Eddie e Venom começa a evoluir. Tentando lidar com a inevitável simbiose, os dois lados descobrem como viver juntos e, de alguma forma, tornam-se melhores juntos do que separados. Tudo se complica quando um psicopata ganha seu príprio simbionte.

    O longa está nos cinemas. Veja o trailer:

    Veja mais