Conheça Verlust, destaque nacional da semana com Andrea Beltrão

Longa acompanha personagens presos a convenções sociais

05/11/2020 15h30 (Atualizado em 06/11/2020 15h05)

Por Daniel Reininger

Protagonizado por Andrea Beltrão ,Marina Lima e Ismael CaneppeleVerlust é o novo filme de Esmir Filho (da série Boca a Boca) e estreia desta quinta-feira, dia 5 de novembro, nos cinemas. Com distribuição é da Elo Company, é um drama sobre indivíduos que vivem sob pressão e uma oportunidade de repensar os papéis dos indivíduos na sociedade. 

Aproveite e veja o vídeo exclusivo divulgado pela Elo Company para o Cineclick:

 

O filme

Uma coprodução internacional Brasil e Uruguai, o longa acompanha personagens presos a um círculo de fama e poder, atados a convenções sociais, sujeitos ao jogo de aparências e expostos aos olhos julgadores da sociedade.
Cada personagem na trama sente dificuldade em repensar seus relacionamentos. Sufocados pelo que é considerado padrão, enfrentam a dificuldade em aceitar suas próprias necessidades.

Ambientado durante o ano novo numa praia isolada, o local permite a ilusão de segurança aos personagens enquanto narra o ponto de vista dos personagens que se projetam na criatura do mar encalhada.

O filme traz também uma visão única ao abordar o livro escrito por João Wommer (Ismael Caneppele), que narra em primeira pessoa o ponto de vista da criatura do mar, que deseja se desprender do seu coletivo e procurar sozinha o ambiente respirável de onde partiu há séculos.

Trama

Isolada na praia, a empresária Frederica (Andrea Beltrão) prepara a tão aguardada festa de réveillon. Em meio à crise do casamento com o fotógrafo Constantin (Alfredo Castro), que afeta diretamente a filha adolescente (Fernanda Pavanelli), ela ainda tem que administrar a vida e carreira do ícone pop Lenny (Marina Lima), que decidiu escrever uma obra misteriosa ao lado do escritor João Wommer (Ismael Caneppele). Quando uma criatura estranha surge do fundo do mar, a crise se instaura e Frederica terá que enfrentar seu maior medo: a perda.

Diretor

Apontado por críticos como um dos mais talentosos cineastas da nova geração, Esmir Filho lançou seus filmes em diversos festivais nacionais e internacionais, colecionando prêmios. Seu primeiro longa-metragem Os Famosos e os Duendes da Morte, distribuído pela Warner Bros no Brasil, foi o grande vencedor do Festival do Rio 2009, além de ter sido selecionado para o Festival de Berlim e Locarno e conquistado prêmios de melhor filme, direção e crítica nos festivais de Havana, Valdívia, Granada, Guadalajara.

É co-autor do hit da internet Tapa na Pantera, com mais de 15 milhões de acessos no YouTube. Seu curta Alguma Coisa Assim ganhou o prêmio de melhor roteiro no Festival de Cannes 2006 e Saliva foi escolhido para ser o curta-metragem representante do Brasil na corrida para o Oscar 2008. Lançou em 2020 a série Boca a Boca, da Netflix, como showrunner e diretor.

Verlust foi escrito e produzido ao longo de 10 anos, explica o diretor. "Mais uma vez, trata-se de uma parceria minha com o escritor Ismael Caneppele (como no filme Os Famosos e os Duendes da Morte), em um diálogo entre dois tipos de arte que subverte os limites da adaptação. Enquanto o filme narra o ponto de vista dos personagens que se projetam na criatura, o livro de Ismael - que será lançado pela editora Iluminuras - narra em primeira pessoa o ponto de vista da criatura marinha, que deseja se desprender de seu coletivo e procurar sozinha o ambiente do qual partiu há séculos.", diz o diretor.

Para o cineasta, é importante entender os processos de cada pessoa. "Como roteirista e diretor, acredito que o roteiro é um ponto de partida. É imprescindível estar aberto aos possíveis caminhos que o processo venha apontar. O que mais me interessa no cinema é trabalhar com pessoas reais (atores ou não) que tragam consigo seus depoimentos pessoais para o filme, colaborando com suas vivências e criando novas camadas para a narrativa ficcional.".

Marina Lima

A compositora Marina Lima se encantou com a ideia do filme e, por isso, se uniu ao projeto para interpretar Lenny. Com uma extensa carreira, a cantora superou traumas e foi capaz de se reinventar, o que combina com o tema desse filme.

Livro

Ismael Caneppele interpreta outro personagem emprestado da vida real, o escritor João. Ismael colaborou com o roteiro, escreveu o livro que narra o ponto de vista da criatura do mar e será lançado em breve. Assim como o escritor na vida real, o seu personagem passa por uma crise na trama e descobre sua voz na voz da criatura. 

Lançamento

Verlust já está nos cinemas, confira a programação.

Trailer


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus