Crítica: Coringa é cruel, pesado e incrível

Longa da DC chega aos cinemas nesta quinta

30/09/2019 09h00

Por Daniel Reininger

Coringa chega aos cinemas nesta quinta (03) com Joaquin Phoenix no papel do vilão mais famoso de Gotham City. A adaptação da origem do antagonista do Batman é muito mais profundo do que o que costumamos ver em longas do tipo. Confira nossa crítica:

"A coragem de mexer com o Coringa já era louvável desde o início desse projeto. Tanto a ousadia de Todd Phillips em encarar um filme solo de vilão, ainda mais do possível maior vilão da cultura POP; quanto o desafio de Joaquin Phoenix em assumir um papel que ficou eternizado com Heath Ledger. E o longa é uma porrada, de sair tremendo do cinema. Ele incomoda e deixa você mexido seja pela violência ou pelas mensagens indiretas que estão ali.

Coringa conta a origem do vilão do Batman. Onde conhecemos Arthur Fleck, um aspirante a comediante fracassado com uma condição mental que o faz rir em momentos inoportunos. Quando a sociedade falha com o ser humano, sua base familiar é uma tragédia, é possível salvar essa pessoa? Para Arthur não! E essa trajetória é muito bem contada no longa."

CONFIRA A CRÍTICA COMPLETA

Saiba tudo sobre Coringa:

+ Crítica do filme

+ Top Coringas da TV e Cinema, segundo a redação do Cineclick

+ Heath Ledger e Jack Nicholson viveram Coringa, conheça outros

+ Coringa será para maiores de 16 anos no Brasil

+ Opinião: o Coringa de Ledger nem é tão bom assim

+ O que você precisa ver antes de assistir Coringa

+ Coringa de Phoenix nunca encontrará Batman de Pattinson


Deixe seu comentário
comments powered by Disqus