cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Atriz de 'Anjos da Noite' pegou pneumonia pra caber na roupa de couro; veja fatos

    Veja curiosidades da franquia de vampiros e lobisomens
    Por Daniel Reininger
    16/04/2022 - Atualizado há cerca de 1 mês

    Anjos da Noite - Underworld foi um sucesso nos cinemas no começo do anos 2000 e a franquia fez tanto sucesso, que teve sequências lançadas até 2016, com o longa Guerras de Sangue.

    A trama mostra a guerra entre Vampiros e Lobisomens, mas no meio de tudo isso foca no romance de uma sugadora de sangue e um lycans, como são chamados os lobisomens.

    No aniversário do primeiro filme, veja curiosidades da franquia:

    Curiosidades

    • Romeu e Julieta - Enquanto o enredo principal da franquia Underworld gira em torno da rixa secular entre vampiros e lobisomens, o tom original do primeiro filme deveria ser mais romântico, um verdadeiro "Romeu e Julieta para vampiros e lobisomens".
       
    • Amor no set - Neste filme Kate Beckinsale conheceu seu futuro marido, o diretor Len Wiseman, e na época ainda estava em um relacionamento sério com o ator Michael Sheen, que interpretou Lucian. Michael e Kate têm uma filha que aparece no filme durante um flashback de quando Selene era mais jovem.  
       
    • Segunda chance - Rhona Mitra, que foi cogitada para viver Selene no primeiro filme, mais tarde ela interpretaria Sonja em Anjos da Noite: A Rebelião (2009).
       
    • Deusa - 'Selene', o nome da heroína principal vivida por Kate Beckinsale, é a deusa da lua na mitologia grega.
       
    • Para adultos - Um beijo entre Michael e Selene (quando ela o tira do laboratório de Lucian) aparece no trailer, mas não foi incluído no lançamento nos cinemas ou no DVD, mas está na versão adulta de Underworld.
    • Bowie - Len Wiseman queria que David Bowie aparecesse como um vampiro no banquete dos vampiros, mas, devido a alguns problemas de tempo, não deu certo. Teria sido uma alusão do ator ao seu papel em Fome de Viver (1983).
       
    • Crossover com Blade - Os criadores da série abordaram a Marvel Studios sobre fazer um crossover com a franquia Blade, com Wesley Snipes presumivelmente reprisando seu papel. A Marvel recusou, dizendo que queria deixar a porta aberta para fazer algo com Blade em seus próprios termos.
       
    • Mudança de paradigma - Na época do primeiro filme, Kate Beckinsale estava fazendo principalmente filmes de época e interpretando garotas adoráveis. Ela aproveitou o papel de Selene para mudar um pouco a sua imagem. O sucesso de Underworld e Van Helsing a transformou em uma atriz de ação nos anos 2000.  
       
    • Roupa apertada - Kate Beckinsale passou semanas vivendo com uma dieta de frango e repolho para poder se espremer em seu traje de couro extremamente apertado. Ela também sofreu uma pneumonia durante as filmagens por causa das temperaturas abaixo de zero que ajudaram a manter o peso.
       
    • Direitos autorais - O filme tornou-se alvo de um processo de violação de direitos autorais pela White Wolf Inc. e Nancy A. Collins em setembro de 2003. A autora afirmou que o enredo do filme foi baseado inteiramente em seu conto "The Love of Monsters", publicado em 1994, que envolve um romance proibido entre um vampiro e um lobisomem. Collins também afirmou entre 70-80 pontos de semelhança entre o filme popular e os vários jogos de RPG da White Wolf Inc, como Vampiro: A Máscara e Lobisomem: Apocalypse. Ambos os jogos acontecem em uma "versão 'gótica-punk' fictícia do mundo moderno", com a qual o universo Underworld foi comparado muitas vezes. O processo foi resolvido em particular fora do tribunal por um valor não revelado.

    Assista

    A divertida franquia sobre a guerra de vampiros e lobisomens num mundo gótico está espalhada pelo streaming, mas é possível maratonar todos os longas.

    Anjos da Noite (2003) está na Amazon Prime Video, Evolução (2006) está na HBO Max, a Revolta (2009) no Google Play, O Despertar (2012) na Paramount+ e Guerras de Sangue na Netflix.

    Veja mais