cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • GAMES
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Bruce Willis ficou parcialmente surdo por causa de 'Duro de Matar'

    Confira essa e outras curiosidades do filme
    Por Daniel Reininger
    15/10/2021 - Atualizado há cerca de 2 meses

    Duro de Matar é um dos filmes mais populares do século XX. Todo mundo ver um cara impedir um sindicato do crime internacional de roubar títulos de bancos enquanto tenta se desculpar com sua esposa. Só que levar este filme das páginas para a tela foi mais complicado do que o esperado.  

    Houve ferimentos no elenco principal, acrobacias realizadas em tempo recorde e explosões ensurdecedoras. Se você se considera um fã do cinema de ação, veja esses fatos curiosos:

    O filme

    Antes, relembre a trama:

    É véspera de Natal em Los Angeles e está acontecendo uma festa de funcionários no 30º andar do Nakatomi Corporation Building. A festa é interrompida quando os convidados são feitos reféns por um grupo de terroristas liderado por Hans Gruber (Alan Rickman), que planeja roubar os US$ 600 milhões que estão no cofre de segurança máxima do prédio. O policial de Nova York, John McClane (Bruce Willis), está em Los Angeles para visitar sua esposa Holly (Bonnie Bedelia), que acabou virando uma das reféns. Os criminosos não sabem que McClane está no prédio, até que o policial começa a atrapalhar os planos dos seqüestradores e tenta salvar os reféns. O filme, que teve duas seqüências, tornou Bruce Willis um dos atores mais bem pagos de Hollywood.

    Vale lembrar que o papel favorito de Bruce Willis no cinema sempre foi o de John McClane. E o motivo é óbvio!

    Cena de Duro de MatarReprodução

    Curiosidades

    • O fictício Nakatomi Plaza é, na verdade, a sede da 20th Century Fox. A empresa chegou até a cobrar de si própria o aluguel pelo uso do prédio então em construção.
       
    • O filme foi selecionado para preservação no cadastro nacional de filmes pela Biblioteca do Congresso em 2017, por ser "culturalmente, historicamente e esteticamente significativo".

    • Alan Rickman odiava disparar sua arma, o que afetou a edição e o estilo das cenas de ação. O ator não estava acostumado a disparar uma arma, então estremecia toda vez que puxava o gatilho e o diretor John McTiernan tomou a decisão de cortar as cenas sempre que isso acontecesse.

    • Bruce Willis é parcialmente surdo graças ao filme. Uma das coisas que torna o longa tão divertido de assistir é o tiroteio. O resultado desses efeitos especiais tão bons foi um visual altamente realista, mas que fez Bruce Willis perder um pouco de sua audição, devido a um acidente não especificado.
    Cena de Duro de MatarReprodução
    • lan Rickman filmou uma das cenas mais famosas e se deu mal. Mesmo sendo um dos mais talentosos atores de teatro e cinema do século 20, Alan Rickman não era um dublê, mas isso não o impediu de tentar um salto, fazendo com que danificasse parte da cartilagem do joelho.

    • A cena final do helicóptero foi filmada em duas horas. É isso mesmo, uma das maiores acrobacias do filme, uma enorme explosão de helicóptero filmada sem efeitos digitais, foi filmada em tempo recorde.
       
    • Nenhum dos terroristas alemães falava alemão. Todas as frases em alemão estão gramaticalmente erradas. Em vez de fazer Rickman aprender alemão, os roteiristas juntaram frases que pareciam legítimas e o fizeram seguir adiante com elas.
       
    • A fala "Yippee-ki-yay, motherfucjer!" é usada nos outros quatro filmes Die Hard: Duro de Matar 2 (1990); Duro de Matar 3: A Vingança (1995); Duro de Matar 4.0 (2007). É considerada uma das frases mais icônicas do cinema.

    Assista

    O clássico do cinema de ação é imperdível e pode ser visto no Star+. Veja um clipe do longa:

    Veja mais