cineclick-logo
    botão de fechar menu do cineclick
  • FILMES
  • NOTÍCIAS
  • CRÍTICAS
  • LISTAS
  • © 2010-2021 cineclick.com.br - Todos os direitos reservados

    Daniel Gordon pretende filmar sobre líder asiático

    Por Da Redação
    20/08/2007

    O cineasta britânico Daniel Gordon recebeu autorização da Coréia do Norte para fazer três filmes, teledocumentários, como revelou o diretor em entrevista. Agora, o cineasta deseja fazer o que chama de trabalho principal, o longa-metragem sobre o líder recluso do país comunista, Kim Jong-il.

    Kim Jong-il, que em 1994 sucedeu a seu pai, Kim II-sung, vem brincando com seus países vizinhos e com os EUA há anos com suas ambições nucleares. Ele já foi descrito como maior cinéfilo da Coréia do Norte e consta que tem milhares de títulos em seu acervo pessoal, além de créditos como diretor e produtor de filmes de propaganda comunista em seu país.

    Críticos dizem que os filmes de Gordon passam por cima dos problemas de uma sociedade repleta de relatos de repressão e violações dos direitos humanos. Um deles aborda o sucesso inesperado da seleção norte-coreana na Copa do Mundo de futebol de 1966 e o outro tem como foco a vida de duas ginastas que se preparavam para os Jogos de Massa de Arirang.

    O último filme de Gordon chama-se Crossing Line e é centrado na vida do desertor norte-americano James Dresnok. Ele deixou a Coréia do Norte em 1962, no momento em que os exércitos dos dois países se enfrentavam em um dos possíveis momentos mais explosivos da Guerra Fria.